Webber ainda não está 100% confiante com o Kers

Piloto da Red Bull afirma que equipe vai saber se o trabalho das últimas semanas deu resultado durante os treinos para o GP da Turquia

Webber afirmou que sua corrida na China

Mark Webber fez mistério ao comentar sobre o Kers, que tem sido o grande – se não o único – problema da Red Bull até agora no campeonato. De acordo com o consultor, do time Helmut Marko, as falhas estão superadas, mas o piloto não tem tanta certeza.

“Como não testamos, teremos que aprender durante o final de semana. O Kers é um projeto desafiador. Não estamos tão confiantes com ele quanto com outras partes do carro. Estamos otimistas que pode funcionar bem aqui. Se vai deixar completamente de representar uma dor de cabeça ainda não sabemos”, afirmou em entrevista ao TotalRace.

Voltando-se ao final de semana do GP da Turquia, Webber admitiu temer que o frio e a chuva, prevista ao menos para a sexta-feira, atrapalhe.

“Se estiver frio e chovendo como a previsão diz, os pilotos terão menos tempo para se preparar. Os GPs aqui são sempre movimentados e, com a asa traseira móvel colocada na reta oposta, deve ser mais simples ultrapassar que nos anos anteriores”, citando justamente o ponto em que bateu com o companheiro Sebastian Vettel na luta pela liderança no ano passado.

Mas o australiano não guarda ressentimentos. “Tive dias piores na minha carreira”. Na ocasião, Webber conseguiu chegar em terceiro, enquanto Vettel abandonou.

Ao lembrar de que sua temporada européia começou bem no ano passado, com duas vitórias, o australiano agradeceu.

“Liderei todas as voltas por um bom período até o acidente (da largada do GP da Espanha, passando por Mônaco, até bater com Vettel na Turquia), mas acho que neste ano é diferente. Temos mais companhia na McLaren e também Seb está pilotando bem. Estou otimista, quero conseguir a primeira vitória no ano logo. Olhando para trás, temos mais pontos do que deveríamos levando em consideração as circunstâncias.”

Falando sobre a performance na China, quando saiu de 18º para chegar em terceiro, o australiano preferiu elogiar a equipe.

“A tática da corrida tem um papel importante. Quando você vê Lewis ultrapassando de maneira fácil pela liderança, não é uma questão de habilidade, mas de consumo de pneus. Eu também passei Alonso, Button e Massa por causa disso. Na TV, pareceu mais espetacular do que foi no cockpit.”

O australiano ainda comentou sobre as mudanças no seu ex-time, a Williams.

“Têm sido anos difíceis para o time. Claro que se Sam Michael pensa que está com pouca motivação e vontade de extrair aquele algo a mais, a decisão é dele. A Williams tem ótimas pessoas, como Frank (Williams) e Patrick (Head), e desde que a intensidade da relação desses dois com o time diminuiu, as coisas mudaram um pouco. Se será uma mudança positiva, apenas o tempo poderá dizer. Eles só podem ir para frente de onde estão.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Istambul)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias