Webber lamenta corrida na Alemanha e espera bom desempenho na Hungria

Ainda com “pulga atrás da orelha” pela má performance em Hockenheim, australiano vê muito trabalho pela frente em Budapeste

Mark Webber

Vice-líder do campeonato após uma vitória incontestável em Silverstone há cerca de duas semanas e meia, Mark Webber viu sua diferença para Alonso aumentar sensivelmente após o GP da Alemanha na semana passada, quando Fernando fez ótima apresentação e Mark, após uma punição de cinco posições na classificação por ter trocado o câmbio, não conseguiu nada melhor que um oitavo.

“Temos algumas ideias [sobre rendimento ruim na Alemanha]. Acho que éramos particularmente fracos no pneu mais duro. Com a penalização, você termina a primeira volta fora de posição e isso vai comprometendo a corrida, mas claramente não éramos rápidos o suficiente. Tivemos algumas pequenas dificuldades provocadas pela maneira como acertamos o carro, mas não foi só isso, foi também uma questão de compostos”, disse Webber ao TotalRace em Budapeste.

O australiano agora chega à Hungaroring para minimizar os prejuízos do último fim de semana, no circuito onde ganhou no ano de 2010.

“É uma pista diferente, outro traçado, outras temperaturas. É um circuito em que ficamos ocupado, com muitas curvas de média velocidade. Não é um circuito super lento, as tomadas de curva são razoavelmente rápidas. É preciso, como sempre, um bom equilíbrio com a parte do topo da montanha e o resto”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias