Webber se surpreende com alto número de quebras de câmbio

Australiano lembra que ele e dupla da McLaren já tiveram problemas e diz que as equipes vêm forçando os limites das peças

Hamilton perdeu vitória em Cingapura por problema de câmbio

Mark Webber, Lewis Hamilton, Jenson Button, Nico Rosberg e Bruno Senna são alguns dos que enfrentaram o mesmo tipo de problema na temporada: trocas de câmbio. De acordo com o regulamento, ele deve durar por cinco provas consecutivas e sua substituição durante o final de semana incorre na perda de cinco posições no grid de largada.

No caso de McLaren e Mercedes, houve ainda quebras durante as provas, algo que chama a atenção de Webber. “Os câmbios são muito especiais hoje em dia e se tornaram ainda mais especiais com as restrições de quilometragem que aumentaram, então temos de evitar vibrações e coisas do tipo”, explicou, ouvido pelo TotalRace.

“As equipes estão forçando os limites para fazer com que os câmbios funcionem da melhor maneira possível, além de não esquecer de seu tamanho e interação com o restante, o que se tornou muito importante para os carros. É importante lembrar disso.”

Webber se refere ao fato das equipes cada vez mais buscarem compactar a traseira dos carros, tendo de miniaturizar os câmbios, aumentando as chances de quebra.

“É verdade que principalmente eu e as McLaren têm tido problemas – a questão com Seb é com o alternador, não com o câmbio, mas veremos o que acontece no restante do ano. Mas realmente estou surpreso que esse tipo de coisa tem acontecido mais neste ano.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias