Webber supera Vettel pela primeira vez no ano e larga na pole

Alemão nunca largara atrás de um companheiro em Suzuka; quinto, Massa fica na frente de Alonso novamente

Logo no circuito em que nunca havia sido superado por um companheiro de equipe em classificações, Sebastian Vettel viu Mark Webber marcar a pole position do GP do Japão. O australiano foi 174 milésimos mais rápido que o alemão. É a primeira vez na temporada que Webber larga na frente de Vettel.

Felipe Massa surpreendeu e marcou o quinto melhor tempo, classificando-se à frente de Fernando Alonso pela terceira vez nas últimas quatro provas.

Q1

A primeira parte do treino foi menos movimentada do que o normal, com os ponteiros mais tranquilos de que conseguiriam passar para a segunda parte com um jogo de pneus duros. Isso é importante porque os pneus médios se mostraram bons o bastante para serem os preferidos na corrida.

O treino só pegou fogo, literalmente, na traseira do carro de Gutierrez, quando o mexicano estava dentro do box da Sauber. A situação foi rapidamente controlada e, cinco minutos depois, o piloto voltou à pista para uma segunda tentativa.

Com 2min55 para o final da sessão, a Toro Rosso de Jean-Eric Vergne também pegou fogo, aparentemente com problemas nos freios. Devido à fumaça, a direção de prova decidiu dar bandeira vermelha.

Fernando Alonso chegou a liderar a sessão com pneus duros, sendo superado por Lewis Hamilton e Mark Webber. Porém, os tempos estavam bastante próximos – Felipe Massa e Alonso, separados por pouco mais de quatro décimos, ocupavam o 13º e terceiro lugares, respectivamente – e vários pilotos sentiram a necessidade de voltar à pista com os pneus médios. Apenas o trio, junto de Sebastian Vettel, Jenson Button, e Romain Grosjean (que fez uma segunda tentativa, mas com os duros) não usaram o composto mais rápido.

A decisão se mostrou acertada: Adrian Sutil acabou sendo eliminado junto de Vergne e dos pilotos das nanicas, com destaque para Max Chilton: pela primeira vez, o inglês superou o companheiro Jules Bianchi na classificação em condições iguais (em Mônaco, o francês teve problemas técnicos) e de quebra foi melhor que ambas as Caterham. Bianchi teve de trocar de chassis depois de uma batida na sexta-feira.

Q2

Curiosamente, as Lotus foram à pista para sua primeira tentativa na segunda parte do treino com os pneus duros. Enquanto isso, confiantes de que passariam para a última parte facilmente, as Red Bull só saíram no final – e colocaram meio segundo no rival mais próximo, com Vettel menos de três décimos mais rápido que Webber. Os dois usaram configurações diferentes, com Webber optando por mais velocidade final.

Atrás das Red Bull, todos sentiram a necessidade de fazer duas tentativas, ainda que Alonso não tenha terminado sua volta. Assim como no Q1, Massa foi o último a cruzar a linha de chegada para se garantir no Q3, ao contrário de Sergio Perez, Paul Di Resta, Valtteri Bottas, Gutierrez, Pastor Maldonado e Daniel Ricciardo.

Q3

Depois de gastar dois jogos de pneus médios para chegar ao Q3, Massa fez apenas uma tentativa na última parte da sessão, que começou com uma má notícia para Vettel, cujo Kers parou de funcionar. Assim, nas primeiras tentativas, Webber foi o melhor por quase seis décimos, com o companheiro em segundo. Além dos dois, apenas Alonso e Hamilton haviam marcado tempo até metade do Q3.

O australiano confirmou a pole position em sua segunda tentativa, enquanto Massa surpreendeu e ficou com o quinto lugar, atrás de Grosjean e Hamilton. Rosberg fez o sexto melhor tempo e larga à frente de Hulkenberg, Alonso, Raikkonen e Button.

O GP do Japão tem largada às 3h da madrugada do domingo pelo horário de Brasília.

Grid do GP do Japão:

1) Mark Webber (Red Bull), 1min30s915
2) Sebastian Vettel (Red Bull), 1min31s089
3) Lewis Hamilton (Mercedes), 1min31s253
4) Romain Grosjean (Lotus), 1min31s365
5) Felipe Massa (Ferrari), 1min31s378
6) Nico Rosberg (Mercedes), 1min31s397
7) Nico Hulkenberg (Sauber), 1min31s644
8) Fernando Alonso (Ferrari), 1min31s665
9) Kimi Raikkonen (Lotus), 1min31s684
10) Jenson Button (McLaren), 1min31s827

Eliminados no Q2

11) Sergio Pérez (McLaren), 1min31s989
12) Paul di Resta (Force India), 1min31s992
13) Valtteri Bottas (Williams), 1min32s013
14) Esteban Gutierrez (Sauber), 1min32s063
15) Pastor Maldonado (Williams), 1min32s093
16) Daniel Ricciardo (Toro Rosso), 1min32s485

Eliminados no Q1

17) Jean-Eric Vergne (Toro Rosso), 1min33s357
18) Max Chilton (Marussia), 1min34s320
19) G. van der Garde (Caterham), 1min34s879
20) Charles Pic (Caterham), 1min34s556 (punido)
21) Jules Bianchi (Marussia), 1min34s958 (punido)
22) Adrian Sutil (Force India), 1min32s890 (punido)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Tipo de artigo Últimas notícias