Webber tenta acabar com rumores de que sairá da Red Bull

Australiano, cujo contrato acaba ao final de 2011, afirma que é pouco provável que mude de equipe

Webber está na Red Bull desde 2007

Mark Webber se dedicou a afastar os rumores de saída da Red Bull que surgiram na última semana. O australiano afirmou que o mais provável é que fique na equipe no ano que vem, ainda que não tenha descartado a aposentadoria.

“Acho que houve problemas de tradução. Há obviamente três opções do que pode acontecer no final deste ano. Posso ficar na Red Bull – e tenho conversado bastante com eles –, posso parar ou, menos provável, ir para outra equipe. Estou muito relaxado agora, focado na corrida de domingo, e não vou me importar muito até chegar o momento de tomar uma decisão”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

Falando ao jornal italiano La Stampa, na semana anterior, Webber teria dado a entender que sua permanência no time estava ameaçada. “Nós vamos ver, se o time não me quiser mais, eu vou me perguntar: penduro meu capacete ou mudo de equipe?"

O contrato do piloto de 34 anos com a Red Bull, equipe na qual está desde 2007, termina ao final de 2011.

“Estou na equipe há cinco anos, então é tudo muito direto. Eles sabem como eu trabalho, eu sei como as coisas aconteceram nesse tempo. Há algum tempo eu tinha dúvidas se ficaria, decidi ficar e tem sido muito bom nos últimos anos. Tivemos bons resultados, eu estou guiando bem, então tenho certeza que tomaremos a decisão no futuro e me sinto muito confortável.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias