Whitmarsh lamenta desempenho ruim da McLaren com pneus macios

Hamilton e Button não conseguiram recuperar o terreno perdido na primeira parte da prova, e fecharam em quarto e quinto

Para o chefe da equipe, Martin Whitmarsh, a McLaren deixou de lutar pelo pódio devido ao rendimento ruim do carro com os pneus macios, na parte inicial da prova. O time tinha Lewis Hamilton e Jenson Button largando na segunda fila, mas a dupla foi superada por Fernando Alonso nas voltas iniciais. Logo antes da primeira parada, já estavam a 21s (Hamilton) e 24s (Button) do líder Sebastian Vettel e a mais de 10s do espanhol.

“Tínhamos bolhas no pneu macio, então éramos lentos. Quando colocamos o duro, fomos consistentemente o carro mais rápido. Mas, naquele ponto da prova, tínhamos perdido muito tempo. Então a questão foi que não tínhamos ritmo no pneu macio”.

Após colocar o pneu duro, especialmente Hamilton passou a diminuir a diferença com a ponta, chegando a 13s de Vettel e a apenas 4s de Alonso. Além disso, Jenson Button marcou a volta mais rápida da prova. “Tivemos dificuldade com esse pneu por todo o final de semana. Conseguimos a segunda fila com dificuldades. É desapontador que tenhamos ficado muito perto de chegar ao pódio, mas não o bastante”.

Outro ponto que causou preocupação no muro da equipe durante a corrida foi a necessidade de trocar o volante do carro de Lewis Hamilton durante seu pit stop por uma suspeita de problema. Inicialmente, Whitmarsh era contra. “Ele tinha dificuldades em trocar as marchas e achávamos que a alavanca estava travando. Era completamente contra, mas sentimos que tínhamos tempo suficiente para isso. Fizemos em 3s1, então não foi ruim, mas não queria que isso se tornasse rotina porque é algo que facilmente pode dar errado".

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias