Whitmarsh: McLaren fez o que podia para segurar Hamilton

Chefe da equipe revela que a equipe de Woking fez uma boa oferta comercial, mas negociações travaram em detalhes

O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, afirmou que a equipe fez tudo o que podia para manter Lewis Hamilton. Porém, depois de meses de negociações, o piloto e sua equipe de empresários, a XIX Entertainment, decidiram fechar com a Mercedes por três temporadas. “Forçamos o máximo para fazer uma boa oferta para Lewis mas é necessário que ambos os lados assinem. Nós claramente não concordávamos com os termos e fomos em outra direção”, afirmou o dirigente à Sky Sports News.

Whitmarsh não quis culpar os empresários de Hamilton por não ter conseguido chegar a um acordo e revelou que as negociações entraram em detalhes do contrato. “Se a questão for ‘culpamos a XIX?’ Eu não. O fato é que Lewis é um grande piloto, ele tem de tomar as decisões em sua vida. Tivemos muitas conversas com a XIX. Entramos em vários detalhes e em contratos muito complexos. Negociamos muita liberdade nestes detalhes e era uma proposta comercial muito boa.”

O dirigente aproveitou para valorizar sua dupla de pilotos para 2013. “Temos um campeão do mundo chamado Jenson Button, que venceu 14 GPs. Ele foi dominante na corrida de Spa, com uma pilotagem fantástica. Jenson tem experiência. E temos esse jovem latino que é inteligente, charmoso, humilde, mas com muita fome de vencer. Ele chega com o objetivo de vencer o campeonato ano que vem.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias