Williams e Force India sofrem na classificação em Monza

Sutil se classificou mal e ainda caiu para 17º após punição por atrapalhar Hamilton durante o Q2

Williams e Force India tiveram uma classificação difícil em Monza, na Itália. Pior para Adrian Sutil, que ainda por cima sofreu uma punição e perdeu três posições no grid por ter atrapalhado Lewis Hamilton durante o Q2.

Pastor Maldonado, Williams, 14º: “Não tivemos tempo de executar o plano que tínhamos feito, de três voltas. Sacrificamos uma delas e vimos que todos melhoraram na última. Mas esse é o limite do que temos. Não houve mudanças e não tenho nada a dizer. Os pontos são possíveis, veremos como será a corrida.”

Paul Di Resta, Force India, 15º: “Tive um problema de freio de manhã, o que nos custou tempo de pista e significou que fomos à pista com um acerto longe de estar otimizado. Os caras fizeram um trabalho fantástico para o carro ficar pronto a tempo, mas não tínhamos ritmo.”

Adrian Sutil, Force India, 17º: “Foi uma classificação dura. Fizemos algumas mudanças durante a noite, mas não conseguimos melhorar muito, o que foi estranho. Minha volta no Q2 não foi muito ruim e a 14ª posição foi o máximo que consegui. Pontuar é nosso objetivo para amanhã.”

Valtteri Bottas, Williams, 18º: “Nas minhas voltas mais rápidas com o pneu médio tive pista limpa e nenhum erro, e achei que seria suficiente para passar para o Q2, mas não deu. Precisamos olhar os dados porque senti que a volta foi muito melhor do que o tempo mostrou.”

Giedo van der Garde, Caterham, 19º: “O grande problema foi o aquecimento do pneu diranteiro, mas durante a sessão trabalhamos bem nisso e ficamos mais felizes do que estávamos. Estou feliz com o resultado.”

Charles Pic, Caterham, 20º: “O carro estava mais bem equilibrado do que na sexta-feira, mas entre a última sessão de treinos livres e a classificação a temperatura subiu muito e o carro ficou ruim. Não conseguia forçar. Mas o objetivo da equipe era terminar à frente dos concorrentes diretos e claramente fizemos isso hoje.”

Jules Bianchi, Marussia, 21: "Infelizmente ficamos sem tempo para continuar trabalhando em um equilíbrio bom para o carro aqui. Está claro que eu estou lutando um pouco contra o carro e perdendo tempo por isso, mas eu estou esperançoso de que amanhã estaremos um pouco melhor em termos de ritmo de corrida. Estou bastante decepcionado, pois este é um circuito fantástico e que sinto ser particularmente especial para mim."

Max Chilton, Marussia, 22º: "Depois de um início positivo ontem, estava esperando por um resultado melhor hoje, por isso é um pouco decepcionante e frustrante ter caído um pouco para trás. Tivemos um problema de abastecimento, que só descobrimos no final da qualificação. Os 19.5kgs teriam feito toda a diferença hoje e é fácil de fazer as contas e avaliar o impacto que teve em relação aos carros à sua frente no grid de amanhã.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Giedo van der Garde , Paul di Resta , Pastor Maldonado , Adrian Sutil , Max Chilton , Charles Pic , Jules Bianchi , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias