Williams flertou com Kimi para 2012, mas Lotus tinha mais garantias

“Eu queria trazer Kimi para a Williams em 2012, mas eu não podia dar garantias que teríamos um carro competitivo", disse o ex-presidente Parr

O ex-presidente da Williams, Adam Parr, confirmou recentemente na publicação italiana Autosprint que o time estava namorando para trazer Kimi Raikkonen em 2012, mas a Lotus deu mais garantias ao finlandês, que fechou com o time de Enstone.

Parr, que deixou o cargo no começo do ano passado, confirmou as conversas com o campeão mundial de 2007.

"Eu queria trazer Kimi para a Williams em 2012, mas eu não podia dar garantias que teríamos um carro competitivo", disse Parr.

"Quando conversei com ele, fiquei impressionado com sua força de vontade e determinação. Todavia, nós não sabíamos o potencial que nosso carro teria”, finalizou.

Em 2012, a Williams venceu com Pastor Maldonado o GP da Espanha. Na Lotus, Kimi também venceu uma corrida, o GP de Abu Dhabi, e terminou numa ótima terceira colocação no campeonato.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias