Williams foi a equipe que mais cresceu na temporada 2014

Time de Felipe Massa e Valtteri Bottas escalou do nono para o terceiro lugar, obtendo o melhor resultado desde 2003

A Williams foi a equipe que mais cresceu em termos de posições no campeonato de construtores nesta temporada da Fórmula 1 em relação ao ano passado. O time de Felipe Massa e Valttei Bottas, que marcara apenas cinco pontos em 2013, somou 320 no campeonato que se encerrou no último domingo, em Abu Dhabi e, com isso, subiu do nono para o terceiro lugar.

[publicidade] O time conquistou algumas marcas importantes neste ano, como a primeira pole e primeiro pódio desde o GP da Espanha de 2012, quando Pastor Maldonado conseguiu uma vitória inesperada e finalizou o ano, em Abu Dhabi, com dois pilotos entre os três melhor colocados pela primeira vez desde o GP de Mônaco de 2005. Mais do que isso, o terceiro lugar é a melhor colocação da equipe desde o vice-campeonato de 2003.

Outra equipe que teve um crescimento significativo, ainda que muito menor, foi a Force India, que mais que dobrou sua pontuação, pulando de 77 em 2013 para seu novo recorde histórico, 155. Porém, em ambos os anos o time foi o sexto colocado.

Quem desceu ladeira abaixo foram Lotus (que caiu do quarto para o oitavo lugar, com 10 pontos contra 305 do ano passado) e Sauber (que ficou zerada depois de fazer 57 pontos em 2013 e ocupar o sétimo posto entre as equipes.

A Ferrari ficou devendo: em sua primeira temporada sem vitória desde 1993, o time fez 39% menos pontos que ano passado, caindo do terceiro para o quarto lugar na classificação geral. Os tetracampeões da Red Bull também tiveram queda na pontuação, de 32%, e ficaram com o vice.

O título, com quatro provas de antecipação, ficou com a Mercedes, que quase dobrou (aumento de 94%) a pontuação de 2013 para pular do vice para o primeiro lugar. Vale lembrar que a pontuação dobrada na última etapa potencializou alguns resultados.

A posição no mundial de construtores é importante para determinar parte da divisão do 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias