Williams nega que Felipe Massa seja piloto pagante

“A coisa mais importante sempre foi o talento, e isso tem sido priorizado” disse dirigente da equipe de Grove

Confirmado na Williams para a temporada que vem, Felipe Massa sairá da Ferrari após oito temporadas em Maranello. Para a dirigente da equipe, Claire Williams, isso dará um novo estímulo ao brasileiro, que tem sido figura rara nos pódios nos últimos anos. Ainda segundo ela, o vice-campeão de 2008 não é um piloto pagante.

"Na Williams, a coisa mais importante sempre foi o talento, e isso tem sido priorizado ante aos benefícios comerciais de qualquer piloto", falou Claire Williams ao site da Autosport.

"Felipe não é um piloto pagante, ele fez isso muito claro e o escolhemos por seu talento e por aquilo que acreditamos que ele pode oferecer para nós no cockpit. Cabe agora a nós ir lá e tirar proveito do fato de que ele é do Brasil e eles são o maior público que o nosso esporte tem."

Segundo a dirigente, o time não teme que o brasileiro tenha alguma sequela do acidente sofrido no treino classificatório para o GP da Hungria, que o tirou de metade da temporada de 2009. "Isso foi há muito tempo, não temos nenhuma preocupação".

"Este ano ele se entregou. Fez um trabalho fantástico com a Ferrari. Os pilotos podem mudar de ano para ano, e se olharmos para toda a sua carreira podemos avaliar isso. Este é um novo sopro de vida para Felipe, que esteve na Ferrari por um longo tempo. Quando se muda assim, pode se dar um verdadeiro impulso. Uma mudança assim muitas vezes pode ser para melhor".

"Ele tem a experiência de que realmente precisamos para mover esta equipe para frente, partindo do desenvolvimento do carro e do desempenho. Isso realmente vai ajudar todo mundo no próximo ano. Estamos realmente ansiosos para nos juntar a ele", finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias