Williams segue reforma interna e contrata mais dois nomes

O time inglês confirma Jason Somerville como o novo líder da parte aerodinâmica e Mark Gillan como o novo engenheiro-chefe de operações

Williams de Pastor Maldonado em Valência

A equipe Williams anunciou nesta terça-feira mais duas mudanças na parte técnica, após a entrada de Mike Coughlan e a saída prevista para o fim do ano de Sam Michael, diretor técnico, e Jon Tomlinson, chefe de aerodinâmica.

O time inglês confirmou os nomes de Jason Somerville para ser o novo líder da parte aerodinâmica e Mark Gillan como o novo engenheiro-chefe de operações. 
 
Somerville começou a carreira na própria Williams, entre 2001 e 2003, passando para a Toyota, onde permaneceu até o fechamento do time, no fim de 2009. No último ano, transferiu-se para a Renault e, agora, retorna à velha casa. Seu início está previsto para 15 de agosto.
 
Já Gillan estreou na McLaren em 1998, passando para a Jaguar em 2002, permanecendo após a compra pela Red Bull. Em 2006, foi para a Toyota e poderá ser chamado de membro da Williams no dia 1º de outubro.
 
"A Williams está ansiosa para receber Jason e Mark na equipe. Eles trazem consigo talento, experiência e habilidades em equipe. Junto com Mike Coughlan, Jason e Mark podem formar a liderança técnica necessária para levar o time adiante, enquanto trabalhamos nosso caminho de volta à frente do grid", comentou Frank Williams.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias