F-E esteve próxima de incluir 11ª equipe no início do ano

A possibilidade de uma 11ª equipe na F-E foi colocada em questão e esteve perto de se tornar realidade no primeiro semestre deste ano, segundo apurou o Motorsport.com

A F-E esteve muito próxima de adicionar a 11ª equipe ao campeonato durante o primeiro semestre de 2015. O regulamento e os acordos comerciais do campeonato só permite dez equipes – que somam um total de 40 carros. Este limite foi estabelecido por questões de transporte e logística.

Entretanto, o Motorsport.com pode confirmar que no início deste ano foi discutida a entrada de mais uma equipe na categoria. Os dirigentes levaram a questão para os times, que fizeram considerações sobre o tema. Duas esquadras vetaram a adição de mais uma equipe para a segunda temporada.

O regulamento esportivo da F-E permite a existência de duas equipes reserva, mas não há ninguém ocupando estes lugares atualmente.

Qual seria a nova equipe?

Segundo o Motorsport.com pôde apurar, algumas opções tem sido avaliadas para fazer parte da F-E em um futuro próximo. A Jaguar Cars - uma divisão do grupo Jaguar Land Rover - é um dos nomes colocados na mesa de discussões.

A fabricante britânica possui uma rica história rica em competições, vencendo as 24 Horas de Le Mans sete vezes, além de corridas de carros de turismo e uma breve passagem pela Fórmula 1 entre os anos de 2000 e 2004.

Além disso, a Jaguar tem uma parceria técnica com a Williams para o fornecimento das baterias que atualmente equipam todos os carros do certame de monopostos elétricos.

Recentemente, a fabricante duplicou o pessoal no setor de desenvolvimento e inovações em Whitley, no Reino Unido, para trabalhar em projetos de baixo nível de emissões, o que inclui futuros lançamentos elétricos e híbridos.

A empresa, no entanto, negou planos para entrar no esporte. "Nós não temos nenhuma intenção de entrar em competições neste momento", disse um porta-voz da Jaguar ao Motorsport.com.

"Estamos totalmente comprometidos com nossos novos produtos (automóveis) neste ano. Recebemos muitas propostas interessantes e emocionantes, mas, não estamos pensando em nenhum projeto para as pistas agora", completou.

A Williams também esteve ligada aos rumores de um envolvimento maior na categoria, mas acredita-se que as negociações não deram em nada. O setor de engenharia da empresa é parceiro da Jaguar Land Rover em vários projetos, incluindo o Jaguar C-X75, o híbrido que aparecerá no novo filme de James Bond, ‘Spectre’.

Paul McNamara, diretor técnico do setor de engenharia da Williams, disse ao Motorsport.com, no mês passado: "Não é algo que buscamos agora olhando (ser uma equipe de F-E). Ninguém sabe o que pode acontecer daqui a cinco ou dez anos, mas isso não está em nossos planos no momento. Tenho certeza de que acabaria nos distraindo e atrapalhando o trabalho que estamos fazendo agora”, ressaltou.

Embora a Fórmula E Holdings Ltd não tenha se manifestado oficialmente sobre o tema, acredita-se que o acordo para a entrada da 11ª equipe chegou a um nível elevado de detalhes e extremamente próximo de ser concretizado.

Uma outra possibilidade para a provável nova equipe poderia ser a aquisição de um dos times atuais do certame. No entanto, segundo as informações obtidas pelo Motorsport.com, esta é uma possibilidade remota para o segundo ano da F-E.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias