Senna vê vantagem em utilizar evolução de motor de 2014

Em nova temporada da Fórmula E, brasileiro da Mahindra se diz esperançoso e mira resultados melhores

Décimo na temporada inaugural da Fórmula E, Bruno Senna tentará melhorar sua performance no novo mundial que se inicia neste final de semana em Pequim, China. O piloto continua na Mahindra, desta vez em parceria com a equipe Campos, e acredita que possa ter uma vantagem nesta temporada por utilizar uma evolução da unidade motriz do último ano.

"Trabalhamos muito desde o fim do campeonato. Espero que agora estejamos bem mais competitivos. A Campos tem experiência de campeã e uma filosofia diferente, inovadora", comentou.

A Mahindra Racing foi um dos destaques da pré-temporada. Bruno lembra que várias equipes enfrentaram dificuldades com o trem de força de seus carros. Alguns conceitos são totalmente novos.

"Nossa vantagem talvez seja a de usar uma evolução do projeto anterior, mas as equipes que tiveram problemas com a confiabilidade certamente vão resolvê-los rapidamente. E, não tenho dúvida, as corridas ficarão cada vez mais duras."

Bruno imagina que o aumento de potência de 150 para 170 kw em condição de prova traga implicações na performance geral. "O risco de superaquecimento das baterias será grande. Também vejo algumas combinações de motor-caixa de câmbio com potencial de problemas", acrescentou. O carro da Mahindra segue com um câmbio de quatro marchas.

"A esta altura, quando ainda sequer fizemos a primeira corrida, é impossível apontar favoritos. Mas tomara que estejamos entre eles. Neste fim de semana já teremos uma ideia inicial. No ano passado, todos chegaram aqui em meio a um monte de incertezas e o resultado foi o superaquecimento de vários carros. Com o aprendizado dos traçados e das estratégias, a tendência é de uma prova ainda mais competitiva e acirrada que no ano passado. E isso deve se estender por todo o campeonato."

O piloto terá como companheiro neste temporada Nick Heidfeld. Bruno já havia trabalhado na Fórmula 1 com o alemão, a quem substituiu na Lotus na segunda metade de 2011. "Nick é um piloto técnico, com muito conhecimento, que está sempre procurando formas diferentes para o acerto do carro e explorando os limites do desenvolvimento. Com o regulamento mais aberto que temos agora, espero que nosso trabalho em conjunto possa nos dar uma vantagem sobre as outras equipes."

O ePrix de Pequim acontece na madrugada de sexta para sábado.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Bruno Senna
Equipes Mahindra Racing
Tipo de artigo Últimas notícias