Tagliani desce ladeira em carro improvisado

Alex Tagliani aproveita pausa nas corridas de verdade e se aventura em uma competição inusitada nas ruas do centro de Montreal

Uma corrida em que os carros não têm motor e o design das “máquinas” está distante de qualquer coisa que possa ser considerada eficiente. Esta é a competição em que Alex Tagliani se envolveu em Montreal: 42 carros feitos de forma artesanal descendo as ladeiras da cidade, lembrando em parte os antigos rolimãs brasileiros.

A competição, organizada pela Red Bull, chegou pela primeira vez a Montreal. O canadense aproveitou o tempo livre para se dedicar à corrida, em que os critérios de julgamento eram criatividade, complexidade do carro e velocidade atingida.

Tagliani - piloto com passagens por Indy e NASCAR - esteve ao volante do bólido e brincou: "Olhando para o carro, eu não andaria nisso como copiloto. Mas foi muito bom ver e sentir o apoio dos fãs neste evento”.

O piloto destacou, por fim, que a participação na prova teve como principal objetivo contribuir para uma causa nobre. “Este é um evento que traz retorno a Montreal, pois os participantes contribuem para boas causas. No nosso caso, contribuímos para uma organização sem fins lucrativos que cuida de pessoas com Síndrome de Down. Então nossa meta foi alcançada”, comentou o canadense.

Tagliani Autosport

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Geral
Evento Red Bull soap box race em Montreal
Pilotos Alex Tagliani
Tipo de artigo Últimas notícias