Brasileiro Felipe Nasr precisa de milagre para levar título da GP2

Piloto brasiliense ocupa terceira posição no campeonato e deverá tirar 31 pontos do líder Leimer em 48 possíveis

Mesmo sem conseguir nenhuma vitória durante esta temporada, o brasileiro Felipe Nasr ainda tem possibilidades de ser campeão da GP2 nesta última prova. Com atuação consistente e seis pódios (4x segundo 2x terceiro) neste ano, o piloto vai precisar de fim de semana ruim dos líderes do campeonato, Fábio Leimer e Sam Bird, em Abu Dhabi para conseguir o título.

Na tabela, o suíço Leimer tem 179 pontos, leva sete de vantagem para o britânico Bird, 31 para Nasr, 44 para o monegasco Stefano Coletti e 45 para o britânico James Calado. Como na GP2 é possível marcar 48 pontos em um fim de semana, desde que Leimer não largue na pole (somando quatro pontos), os cinco estarão na disputa na corrida 1.

Para a Nasr, a missão dura começa na primeira corrida, a ser disputada no sábado às 6h10 da manhã. O brasileiro precisará chegar na corrida 2 tendo tirado pelo menos 15 pontos de desvantagem para Leimer, para que vencendo e fazendo a volta mais rápida (o que rende dois pontos se o piloto estiver dentro do Top 10) na segunda prova, sem que Leimer pontue, possa ser o campeão.

Saiba como isso pode acontecer:

- Se Nasr fizer a pole e a volta mais rápida, terá de torcer para Leimer chegar de terceiro para trás na primeira corrida. Se for o segundo, terá de torcer para Leimer chegar de sexto para trás sem que Bird ganhe. Fazendo a pole e a volta mais rápida, o brasileiro pode ser até quinto, mas sem que Leimer pontue e Bird chegue em segundo ou primeiro.

- Sem a pole, com a volta mais rápida e ganhando, terá de torcer para que Leimer seja quarto e Bird seja no máximo terceiro. No entanto, nenhum dos dois poderá marcar a pole. Se for segundo, Nasr terá de torcer para Fabio ser oitavo ou pior e Sam não melhor que quinto.

- Sem a pole e sem a volta mais rápida, o piloto teria de ganhar e torcer para Leimer ser quinto ou pior, e que Bird seja segundo (os dois sem pole e volta mais rápida). Chegando em segundo, o brasileiro precisará de Leimer em nono e Bird não poderá ser terceiro (os dois sem pole e volta mais rápida).

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias GP2
Tipo de artigo Últimas notícias