Evans vence corrida estratégica em Hockenheim; Com grande fim, Nasr é o 5º

Brasileiro é vítima mais uma vez de estratégia ruim, se recupera, mas perde quarto lugar após manobra em Cecotto

Vencedor da corrida 1 em Silverstone, Mitch Evans voltou a se reencontrar com a vitória na prova deste sábado em Hockenheim. E não foi ao acaso. O piloto neozelandês da equipe Russian Time largou de 15º e apostou suas fichas em uma estratégia diferente, parando mais cedo que os concorrentes que haviam partido nas primeira posições.

Antes do primeiro terço o piloto foi para o box e, com grande ritmo, conseguiu se firmar como o primeiro dos que pararam antes. Sem desgastar demais os pneus médios que havia colocado na parada, o piloto conseguiu segurar com propriedade Stoffel Vardoorne (líder da prova após a largada) e Jolyon Palmer. Com isso o líder do campeonato aumentou a vantagem para Felipe Nasr, conquistando além do terceiro posto a volta mais rápida.

O brasileiro foi mais uma vez vítima de uma estratégia ruim de sua equipe Carlin, caindo de quarto para 12º após seu pit stop. O piloto se recuperou e passou vários pilotos como Richelmi, Berthon e Trummer. Felipe ainda passou Stefano Coletti, que erro na primeira curva, lhe deu o troco, e pedeu rendimento após passar Trummer.

Nasr tentava passar Cecotto pelo quarto na entrada do estádio, quando acabou errando e saindo lento da curva, o que fez com que Coletti o passasse novamente. Nasr foi o quinto e larga amanhã de quarto. O pole position será Nathanael Berthon.

A prova deste domingo começa às 5h35 no horário de Brasília.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias GP2
Tipo de artigo Últimas notícias