"Me sinto mais leve agora", diz Nasr, após primeira vitória na GP2

Brasileiro conversou com o TotalRace logo depois de vencer a prova de domingo em Barcelona

Graças a uma largada excepcional, Felipe Nasr finalmente conquistou sua primeira na GP2, em seu terceiro ano na categoria. O brasileiro, que testou para a Williams no treino de sexta-feira em Barcelona, conversou com o TotalRace após a corrida e disse se sentir mais leve agora, com sua primeira vitória na categoria.

“Isto sempre foi uma coisa que eu quis. Em qualquer categoria que eu participei meu objetivo sempre foi a vitória e hoje finalmente aconteceu. Eu me sinto mais leve agora e daqui para frente eu quero muito mais”, disse o piloto, recordando o fim de semana intenso na Espanha.

“Foi um final de semana muito bom. É difícil sentar em um carro de F1, fazer um bom trabalho e depois pular para o carro da GP2. Então, esse fim de semana foi essencial. É bem difícil, mas eu me diverti muito”.

Para vencer em Barcelona, Nasr, que havia terminado em terceiro no sábado, sabia que precisava fazer uma grande largada. O piloto da Carlin largava na sexta posição, mas logo na primeira curva já aparecia na terceira posição. Na curva seguinte, mais uma posição ganha e o brasileiro passava a pressionar o pole Tom Dillmann. A ultrapassagem não tardou, mas Nasr trouxe com ele o líder do campeonato Jolyon Palmer, seu ex-companheiro de Carlin.

[publicidade] Para fazer esse grande início, Nasr usou todas as informações que tinha. “Foi uma corrida em que deu tudo certo, desde a largada. Eu já sabia que tinha um carro rápido desde ontem. Era só se livrar nas primeiras voltas. A pista estava meio molhada, mas na hora de ir ao grid eu já vi onde havia mais aderência e eu sabia que se pegasse a liderança no começo era só controlar a corrida e foi o que aconteceu. Eu sabia que hoje ia dar certo”.

Depois foi só segurar o ímpeto de Palmer para comemorar a vitória. “Manter o Palmer muito tempo atrás de mim foi parte da tática, porque isso acabava com o pneu dianteiro dele”, explicou o brasileiro.

Com o resultado, Nasr foi a 42 pontos e está na terceira posição na tabela da GP2, atrás de seu companheiro Julian Leal, que tem 48 pontos. O líder é Palmer, com 70 pontos.

Resultado da corrida de domingo:

1) Felipe Nasr Carlin 42:01.901s (26  voltas)
2) Jolyon Palmer DAMS + 7.635s
3) Tom Dillmann Arden International + 13.814s
4) Arthur Pic Campos Racing + 14.172s
5) Julian Leal Carlin + 14.732s
6) Johnny Cecotto Jr. Trident + 18.842s
7) Stéphane Richelmi DAMS + 19.236s
8) Stefano Coletti Racing Engineering + 22.993s
9) Adrian Quaife-Hobbs Rapax + 30.744s
10) Stoffel Vandoorne ART Grand Prix + 31.379s
11) Tio Ellinas MP Motorsport + 31.839s
12) Daniel Abt Hilmer Motorsport + 32.142s
13) Takuya Izawa ART Grand Prix + 33.313s
14) Alexander Rossi EQ8 Caterham Racing + 34.189s
15) Kimiya Sato Campos Racing + 37.025s
16) Raffaele Marciello Racing Engineering + 38.689s
17) Facu Regalia Hilmer Motorsport + 39.975s
18) Sergio Canamasas Trident + 44.122s
19) Daniel De Jong MP Motorsport + 74.656s
20) Mitch Evans Russian Time + 2 voltas

Abandonaram:
Rene Binder Arden International
Nathanaël Berthon Venezuela GP Lazarus
Artem Markelov Russian Time
Simon Trummer Rapax
Conor Daly Venezuela GP Lazarus
Rio Haryanto EQ8 Caterham Racing

Classificação do campeonato:

1) Jolyon Palmer, 70pts
2) Julian Leal, 46pts
3) Felipe Nasr, 42pts
4) Johnny Cecotto, 29pts
5) Arthur Pic, 26pts
6) Stoffel Vandoorne, 25pts
7) Simon Trummer, 18pts
8) Stephane Richelmi, 15pts
9) Tom Dillmann, 14pts
10) Stefano Coletti, 13pts

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias GP2
Tipo de artigo Últimas notícias