Após ano problemático, Lotus deixa de fornecer motores à Indy

Fornecedora teve péssimo desempenho em 2012 e, em comum acordo com a categoria, interrompe contrato que teria mais um ano

Simona de Silvestro sofreu com motor Lotus em 2012

Por contrato, a Lotus seria uma das fornecedoras de motores às equipes da Indy em 2013. Mas, após um péssimo desempenho em 2012, a categoria e a fábrica decidiram encerrar o acordo e deixar apenas Honda e Chevrolet equipando os carros da próxima temporada.
Em 2012, a Lotus começou fornecendo para quatro equipes: Bryan Herta, HVM, Dragon e Dreyer & Reinbold. No entanto, o fraquíssimo desempenho dos propulsores fez com que três delas - Hertha e Dragon primeiro e Dreyer & Reinbold pouco depois -, trocassem de fornecedor no decorrer da temporada.

Nas 500 milhas de Indianápolis, mais uma equipe resolveu correr equipada com o motor Lotus, a Fan Force, que tinha o estreante Jean Alesi como piloto. Na tradicional prova, no entanto, tanto Alesi, como Simona de Silvestro, da HVM, que resistia usando o motor foram desclassificados da prova, por apresentarem um ritmo muito lento.

Diante desse quadro e com dificuldades financeiras, a montadora preferiu não continuar na categoria e ganhou o apoio de Brian Barnhart, presidente de operações e estratégia da Indy. “Baseada em negócios, a Lotus tomou a decisão de não voltar em 2013 e pediu a sua liberação. Ficamos felizes com o esforço que a Lotus fez no seu retorno à Indy, desejamos-lhes o melhor e gostaria de contar com a sua participação no futuro”, disse o dirigente em comunicado oficial.

Aslam Farikullah, chefe de operações da Lotus, explicou que a empresa vai focar suas atividades em outros projetos. “A Lotus é grata à Indy pela oportunidade de competir durante a temporada de 2012 e pelo apoio obtido ao longo deste tempo. A decisão de não continuar não foi fácil e não descartamos a possibilidade de voltar à categoria em algum momento no futuro. Mas, por ora, a Lotus vai focar-se em suas atividades, como fabricante de carros esportivos e consultoria em engenharia”, declarou Farikullah.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias