Dixon domina final de semana e é nova ameaça a Helinho

Com três vitórias seguidas, sendo duas em Toronto, piloto da Chip Chanassi sobe para a vice-liderança do campeonato

Scott Dixon fechou com uma vitória dominante um final de semana praticamente perfeito em Toronto pela Fórmula Indy. O piloto da Chip Ganassi só não fez a pole da primeira prova da rodada dupla. No mais, fez a pole na corrida 2 e ganhou ambas a provas. É a terceira vitória seguida do neozelandês, que também havia conquistado a etapa de Pocono, semana passada.

Com isso, Dixon vive sua melhor sequência desde 2007, quando venceu em Watkins Glen, Nashville e Mid-Ohio e está a duas vitórias de alcançar o multicampeão Al Under Jr. na lista de maiores ganhadores da história da Indy, somando 33 conquistas até aqui. “Faz muito tempo que não tenho um carro tão dominante. Estou contente pela equipe”, salientou.

A etapa também foi muito favorável para Helio Castroneves, que foi sexto na primeira corrida e segundo na prova deste domingo. Porém, agora o brasileiro tem Dixon em grande fase como vice-líder, com 29 pontos de desvantagem. Isso porque o neozelandês roubou a vice-liderança de Ryan Hunter-Reay, que bateu na corrida 2 e não pontuou no final de semana.

Ao contrário do que ocorreu no sábado, a primeira largada parada da história da Indy finalmente aconteceu. Na corrida 1, o procedimento foi cancelado e foi feita a largada tradicional da categoria, lançada. Os pilotos, porém, foram cuidadosos e evitaram toques.

A terceira colocação na prova de Toronto ficou com Sebastien Bourdais, que conseguiu uma boa recuperação depois de largar em sétimo. O francês havia conquistado, no sábado, a segunda colocação, seu melhor resultado desde o retorno à categoria.

Mas a grande corrida de recuperação foi de Dario Franchitti, que largou em segundo, mas logo caiu para o final do pelotão, tocou no muro e teve de trocar o bico. Mesmo assim, o escocês escalou o pelotão e chegou em quarto.

Quem não teve tanta sorte foi o brasileiro Tony Kanaan, que vinha no bloco dos 10 primeiros até, sofrendo com os pneus, bater sozinho na volta 35 e abandonar com danos na suspensão.

A Fórmula Indy agora tem uma pausa e só volta em agosto, dia 4, para a prova de Mid-Ohio, nos Estados Unidos.

Confira a classificação da corrida 2 de Toronto

1º Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda) 85 voltas
2º Helio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet) a 0s8772
3º Sebastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet) a 1s7213
4º Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda) a 2s7630
5º Ernesto Viso (VEN/Andretti-Chevrolet) a 3s5804
6º Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda) a 4s4245
7º Mike Conway (ING/RLL-Honda) a 5s0432
8º Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda) a 5s4582
9º Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet) a 5s8601
10º Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda) a 7s1766
11º Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda) a 7s8430
12º Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda) a 14s4211
13º Sebastián Saavedra (COL/Dragon-Chevrolet) a 1 volta
14º Graham Rahal (EUA/RLL-Honda) a 1 volta
15º Simona de Silvestro (SUI/KV-Chevrolet) a 1 volta
16º Tristan Vautier (FRA/Schmidt Peterson-Honda) a 1 volta
17º Carlos Muñoz (COL/Panther-Chevrolet) a 1 volta
18º Will Power (AUS/Penske-Chevrolet) a 2 voltas
19º Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet) a 2 voltas
20º Takuma Sato (JAP/A. J. Foyt-Honda) a 2 voltas
21º James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet) a 4 voltas

Não classificados:

Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet)
James Jakes (ING/RLL-Honda)
Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet)

Classificação do campeonato – top 10

1º Helio Castroneves 425 pontos
2º Scott Dixon 396
3º Ryan Hunter-Reay 356
4º Marco Andretti 355
5º Simon Pagenaud 309
6º Tony Kanaan 307
7º Dario Franchitti 307
8º James Hinchcliffe 305
9º Justin Wilson 296
10º Will Power 273

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias