Filhos de Roger Penske são presos por agressão e invasão em clube

Um deles, Jay, é o dono da equipe de Fórmula Indy Dragon Racing; ambos pagaram fiança e foram liberados pela polícia

Os filhos de Roger Penske, ex-piloto e dono da equipe Penske, foram presos por invadir um clube na costa leste dos Estados Unidos e tentarem agredir uma mulher. Após pagarem fiança, ambos foram liberados. Audiência preventiva será no dia 20 de agosto.

Jay Penske, que assim como seu pai é dono de uma equipe na Fórmula Indy - Dragon Racing -, e seu irmão Mark foram detidos por volta das 2h desta quinta-feira, horário local.

De acordo com a polícia, duas mulheres reportaram que dois homens, que mais tarde foram identificados como os irmãos Penske, as agrediram e fugiram rumo a um clube de iatismo, da qual não fazem parte.

Uma das mulheres viu Jay urinando no estacionamento e, após reclamar, "ele se virou e continuou a urinar em suas botas". Ele então a segurou pelo braço e começou a empurrá-la. Depois, ele e Mark correram para dentro do Yacht Club", explicou o relatório da polícia.

Na confusão, Mark caiu das escadas e cortou seu braço direito. Após pagar fiança, ambos foram liberados.

Seus pais, Roger e Kathy Penske, que possuem uma casa nos arredores, foram procurados pelo Jornal Inquirer and Mirror, mas não quiseram responder às ligações.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias