Ganassi domina e Dixon vence em Pocono. Helio é o 8º e segue líder

Charlie Kimball e Dario Franchitti completaram os três primeiros, para alegria de Chip Ganassi. Tony foi o 13º

Com um domínio da Ganassi como há muito não se via, o neozelandês Scott Dixon venceu o GP de Pocono, 11ª etapa da temporada 2013 de Fórmula Indy. Os outros dois pilotos do time chegaram na segunda e terceira colocação, com Charlie Kimball na frente de Dario Franchitti. Foi a primeira vitória da Ganassi no ano.

Will Power foi o quarto colocado e Josef Newgarden, o quinto. O brasileiro Helio Castroneves foi o oitavo e permanece na primeira colocação do campeonato, já que Ryan Hunter-Reay foi apenas o 20º, após ser acertado por Takuma Sato; Mario Andretti foi o 10º e James Hinchcliffe bateu logo no começo. O outro brasileiro na prova, Tony Kanaan chegou a andar na liderança, mas perdeu o bico em um toque com Dixon e terminou apenas na 13ª posição.

A corrida começou com um acidente logo na primeira volta. Largando em terceiro, James Hinchcliffe bateu e deixou o carro sentindo a perna. O pole Marco Andretti permanecia na ponta e abria boa vantagem, com Tony Kanaan assumindo a segunda colocação, após ultrapassar Ryan Hunter-Reay. Depois da primeira parada, mesmo com um pit demorado, Marco voltou na ponta, enquanto Kanaan perdeu duas posições, para Hunter-Reay e Takuma Sato.

A essa altura, por volta de um terço da prova, Helio Castroneves estava na quinta colocação, logo atrás de Tony e na frente de Will Power. Tony já havia recuperado a posição de Sato, quando o japonês e o atual campeão Hunter-Reay protagonizaram um estranho acidente dentro dos boxes. Hunter-Reay entrou na área dos boxes e desacelerou. Sato entrou logo atrás, não conseguiu frear e acertou o piloto da Andretti.

Tony chegou a assumir a liderança após mais uma parada, mas na relargada da bandeira amarela, Marco Andretti voltou à ponta. Helinho era o terceiro. Na base da estratégia, Scott Dixon assumiu a ponta e, ao tentar ultrapassá-lo, Tony Kanaan teve o bico danificado. O brasileiro caiu para a 16ª posição, após voltar aos boxes.

A corrida já se aproximava da volta 120 das 160 previstas e Marco Andretti voltou para a ponta, para depois ser ultrapassado por Will Power. Dixon também ultrapassou o americano, que logo depois entrou para seu último pit. Após as paradas de Power e Dixon, a Ganassi passou a dominar a prova, com Dixon em primeiro, Kimball em segundo e Franchitti em terceiro. Todos com a mesma estratégia. Pagenaud, Power e Marco Andretti vinham na sequência. O americano, porém, acabou tendo de economizar combustível nas últimas voltas e caiu pra o 10ºº lugar. Bom para o Helinho, que ganhou uma posição e terminou em oitavo, na frente de seu adversário pelo campeonato. As primeiras posições se mantiveram até o fim e Dixon garantiu sua primeira vitória no ano.

As próximas duas etapas acontecem já no próximo final de semana, dias 13 e 14 de julho, em rodada dupla nas ruas de Toronto, Canadá.

1) Scott Dixon (Target Chip Ganassi Racing), 160 voltas
2) Charlie Kimball (Novo Nordisk Chip Ganassi Racing), 160
3) Dario Franchitti (Target Chip Ganassi Racing), 160
4) Will Power (Team Penske), 160
5) Josef Newgarden (Sarah Fisher Hartman Racing), 160
6) Simon Pagenaud (Schmidt Hamilton HP Motorsports), 160 
7) Justin Wilson (Dale Coyne Racing), 160
8) Helio Castroneves (Team Penske), 160
9) Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing), 160
10) Marco Andretti (Andretti Autosport), 160
11) Simona De Silvestro (KV Racing Technology), 160
12) James Jakes (Rahal Letterman Lanigan Racing), 160
13) Tony Kanaan (KV Racing Technology), 160
14) Ryan Briscoe (Panther Racing), 159
15) Pippa Mann (Dale Coyne Racing), 159
16) Sebastien Bourdais (Dragon Racing), 159
17) Alex Tagliani (Barracuda Racing), 158
18) Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Racing), 158
19) Tristan Vautier (Schmidt Peterson Motorsports), 158 
20) Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport), 121
21) EJ Viso (Andretti Autosport), 104
22) Takuma Sato (A.J. Foyt Enterprises), 61
23) Sebastian Saavedra (Dragon Racing), 2
24) James Hinchcliffe (Andretti Autosport), 0

Classificação do campeonato:

1) Helio Castroneves, 356 pontos
2) Ryan Hunter-Reay, 333 pontos
3) Marco Andretti, 301 pontos
4) Scott Dixon, 291 pontos
5) James Hinchcliffe, 272 pontos
6) Tony Kanaan, 271 pontos
7) Simon Pagenaud, 269 pontos
8) Justin Wilson, 253 pontos

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias