Irritado, Power economiza nas respostas e mantém foco para corrida

22º no grid amanhã, único vencedor da SP Indy 300 crê em boa recuperação mais não acredita em vitória

Power conduz sua Penske no Anhembi

2013 não tem sido um ano fácil para Will Power. O piloto sequer chegou ao pódio ainda, e, ao que parece, ficará mais uma corrida sem vencer. O vencedor das três edições da SP Indy 300 será obrigado a largar de 22º no grid amanhã graças a uma bandeira vermelha durante o treino do segundo grupo provocada por James Jakes após estourar seu motor Honda.

Power não pôde melhorar o tempo de sua primeira volta, ainda muito alto logo depois que a bandeira vermelha foi acionada. O australiano não foi o único piloto da Penske a ser prejudicado, já que Castroneves largará de 18º.

“Não estamos conseguindo ir tão bem neste ano, assim como nesta corrida. Fomos os mais rápidos nos treinos e nos classificamos bem atrás”, falou ao TotalRace.

“Sobre este formato de bandeira vermelha, é assim que é. Infelizmente para nós hoje. Estaremos bem atrás, mas acho que podemos chegar em uma posição boa. Vencer acho muito difícil para a gente”, disse decepcionado.

“Acho que a Andretti está muito rápida neste fim de semana, foram bem na classificação. Mas, de qualquer forma, éramos os mais rápidos”, finalizou.

Will Power não vence desde a última edição da SP Indy 300. A pior posição de largada de Power em SP antes de hoje era um quinto em 2010.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias