Michael Andretti, chefe de Ryan Hunter-Reay, está confiante no título

Americano - que venceu as últimas três etapas - pode tirar EUA da fila; equipe Andretti não ergue o ‘caneco’ desde 2007

O chefe de equipe de Ryan Hunter-Reay na Fórmula Indy, Michael Andretti, está confiante de que o americano pode sim ser campeão da categoria esse ano, para isso, precisa somente manter a abordagem que teve nas últimas três corridas do campeonato. Nelas - em Milwaukee, Iowa e Toronto - Hunter-Reay venceu simplesmente todas.

Com cinco corridas para o fim da temporada, o piloto da Andretti Autosport ultrapassou Will Power e já coloca uma margem de 34 pontos de vantagem para o australiano - Helio Castroneves, companheiro de Power, é o terceiro do campeonato.

"Como dono de equipe, algo que gostamos de Ryan é que ele pode ser competitivo em todos os tipos de pistas", disse Michael Andretti. "Estamos ansiosos para as próximas corridas que temos, e não acho que há uma pista que seja ruim para ele. Não acho que Ryan deveria fazer alguma coisa diferente, nós devemos apenas continuar fazendo nosso trabalho. Acho que temos uma boa chance de ganhar o campeonato", finalizou.

Mas o americano de 31 anos acha que tem que melhorar um pouco mais seu ritmo para se afastar dos fortes concorrentes da Ganassi e da Penske:

"Para vencer Power, Dario, Dixon, e muitos outros pilotos, tenho que me preparar bem durante a semana e ser muito duro durante o fim de semana", disse Hunter-Reay. "Será algo especial para nós - talvez algo ainda mais especial do que já fizemos", disse.

O último título da equipe Andretti veio com Franchitti em 2007. A última vez que um piloto norte-americano ganhou um campeonato da Fórmula Indy foi Sam Hornish Jr. em 2006.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias