Após operação inovadora, Nakajima recebe aval dos médicos para Le Mans

Piloto japonês havia fraturado vértebras em um acidente durante os treinos para as 6 Horas de Spa-Francorchamps.

O japonês Kazuki Nakajima recebeu sinal verde dos médicos para correr as 24 Horas de Le Mans, prova que terá sua edição deste ano realizada nos dias 13 e 14 de junho. Pole para a corrida do ano passado, Nakajima tinha muita confiança de que poderia estar apto para a competir como declarado em entrevista ao Motorsport.com. O piloto passou por uma operação na França.

Kazuki sofreu um forte acidente no final da reta Kemmel em Spa durante o primeiro dia de treinos livres da corrida. Sob chuva torrencial, o piloto vinha em volta rápida e não viu o Audi 8 de Oliver Jarvis que se movimentava lentamente no fim da reta.

Delegados médicos da FIA e da ACO (Automobile Club l'Ouest, entidade que controla o autódromo de Le Mans) consideraram o ex-piloto da Williams na F1 ok para correr depois de ter sofrido vértebras fraturadas em Spa há um mês.

"Eu falo por toda a equipe ao dizer o quanto estamos felizes que Kazuki se recuperou e vai poder correr com a gente no Le Mans", disse o presidente da Toyota Racing, Toshio Sato. "Isso mostra sua determinação e espírito."

Nakajima foi ajudado por uma operação inovadora em Nice, na França, na semana após o acidente. Os médicos fundiram as vértebras que haviam rachado.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Le Mans
Pilotos Kazuki Nakajima
Equipes Toyota Racing
Tipo de artigo Últimas notícias