Com contusão de Rabat, Zarco se sagra campeão da Moto2

Piloto da equipe Ajo consolida título no primeiro treino livre em Motegi, após espanhol ser obrigado a desistir da competição

O francês Johann Zarco é o campeão de 2015 da Moto2. O francês não precisou nem fazer o GP do Japão para garantir a conquista e se tornar o primeiro francês campeão do mundo desde 2008 (Mike di Meglio, 125cc) e o primeiro francês a conquistar a categoria intermediaria desde 2000 (Olivier Jacque).

Ele se aproveitou da infelicidade de Tito Rabat. O espanhol, atual campeão da Moto2, que está a 78 pontos do francês no mundial, era o único que podia lhe tirar o título. Porém, graças a um acidente enquanto treinava na pista de Almeria, na Espanha, Tito fraturou o braço esquerdo e passou por uma cirurgia na última semana. Porém, ele não se sentiu em boas condições no primeiro treino livre disputado nesta sexta-feira (9) em Motegi e decidiu não participar mais do GP do Japão.

No mundial desde 2009, Johann Zarco foi vice-campeão da última temporada das 125cc, disputada no ano de 2011. Zarco subiu para a Moto2 no ano seguinte pela equipe JiR. Seu companheiro de equipe era o brasileiro Eric Granado.

Entretanto ele conseguiria seu primeiro pódio apenas em 2013, em Mugello, na equipe Ioda. No ano passado ele foi para a Caterham e terminou quatro vezes no top-3.

Neste ano, ele venceu seis corridas (Argentina, Catalunha, Holanda, Rep. Tcheca, Inglaterra e San Marino) e não esteve em apenas dois dos 14 pódios até aqui. Um na estreia no Catar, quando liderava e teve de fazer as últimas voltas preso na terceira marcha por um problema mecânico. O outro na última prova em Aragon, quando admitiu que a possibilidade de fechar o campeonato o fez ficar um pouco nervoso.

Zarco tem 25 anos.

A classificação da Moto2 para o GP do Japão se inicia às 3h05 desta madrugada.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Moto2
Evento Motegi
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Johann Zarco
Tipo de artigo Últimas notícias