10º, Rossi admite que precisa "ser mais forte" na classificação

Italiano tentou acerto pensando na durabilidade dos pneus, mas perdeu muito ritmo

Em um cenário de briga ferrenha pelo título da temporada 2015 da MotoGP, Valentino Rossi começou final de semana do GP da Grã-Bretanha em desvantagem. O italiano terminou a segunda sessão de treinos livres desta sexta-feira (28) em décimo, quase um segundo mais lento do que Jorge Lorenzo, o mais veloz do treino vespertino – pela manhã, Marc Márquez foi o mais rápido, seguido pelo líder do campeonato e por Rossi.

"A manhã não foi tão ruim, mas tivemos dificuldades durante à tarde. Tentamos um acerto que privilegiasse a durabilidade dos pneus, mas isso prejudicou o meu ritmo. Não me senti confortável com a moto e perdi posições (em relação ao primeiro treino livre). Agora vamos analisar os dados e tentar avançar para ser mais forte amanhã", revelou.

O italiano destacou ainda as condições climáticas em Silverstone, que podem ter papel decisivo neste final de semana e interromper a busca do piloto pela evolução no acerto da moto.

"Aqui em Silverstone o clima é sempre uma incógnita. Assim como os demais, preferimos pista seca, mas isso parece improvável, já que o tempo está cada vez pior. Felizmente, eu estou no top-10, então não será um grande problema. Espero que não chova, assim poderei melhorar o acerto da moto", concluiu.

Lorenzo confortável

Ao contrário de Rossi, Lorenzo teve um dia agradável. Segundo pela manhã, o espanhol terminou a sexta como o mais veloz, apenas 0s3 à frente de Márquez.

"O acerto inicial parece muito bom. Eu não esperava melhorar tanto na sessão da tarde logo de cara, mas marquei um tempo um segundo mais veloz do que a marca da manhã e aquilo foi o suficiente para me colocar na primeira posição”, contou.

O líder do campeonato, no entanto, alertou para a necessidade de aumentar o ritmo para as demais atividades do final de semana britânico. Além disso, Lorenzo também destacou que precisa trabalhar mais a durabilidade dos pneus e analisou a pista de Silverstone em comparação ao ano passado.

"Precisamos melhorar um pouco nosso ritmo, porque a pista é muito fria e isso faz com que o desgaste após cada volta rápida seja maior. Precisamos trabalhar no acerto para fazer o pneu durar mais e manter a velocidade por mais tempo. As corridas de carro em Silverstone estão danificando o asfalto, especialmente nos pontos de freada, o que deixou a pista mais lenta. Mas as motos parecem mais velozes, então os tempos de volta são similares”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias