Chefão da MotoGP acha difícil que Márquez consiga conciliar duas categorias

Emulando ex-detentor de recordes de precocidade, Spencer, espanhol poderia fazer GP de Valência na Moto2 e MotoGP

Vencedor de nove das nove corridas até agora, Marc Márquez poderia fazer o GP de Valência, última prova da temporada correndo em duas categorias diferentes, o que não acontece desde os anos 80. No entanto, segundo o chefe da categoria, o presidente da Dorna, Carmelo Ezpeleta, isso seria praticamente impossível para apenas um piloto conciliar nos dias de hoje.

O último piloto a correr e vencer ambas temporadas, ainda de 500cc e 250cc, foi o norte-americano Freddie Spencer de quem Márquez tirou os recordes de precocidade no ano passado no mundial.

"Com Spencer os tempos eram diferentes”, colocou Ezpeleta.

“Freddie era piloto oficial Honda em ambas as categorias, 250cc e 500cc. Dificilmente, para um piloto como Márquez, haveria tempo para executar dois testes por exemplo. Ele ganhou todas as corridas deste ano, mas não ganhou facilmente. Ele vai até o limite. Na Catalunha e Mugello não poderia ganhar. Ele é um piloto excepcional, o tempo dirá onde é capaz de chegar", disse ele.

Perguntado se está preocupado com o 'fenômeno Marquez', Ezpeleta diz que "está causando o oposto. As pessoas se perguntam se a décima vitória, se ganhar 18. Mas chegará um dia em que alguém vai ganhar. Eu tenho tido tempo para verificar se eles se perguntam por Jamaica jamaicano ganhou em todos os sprints no atletismo. Por que fazê-lo na Espanha? Eu gosto dos espanhóis foram capazes de acreditar que algo foi bem feito, motociclismo, com bases bem-feito, pode fazer para fora bons pilotos espanhóis ", afirmou. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias