Chefe da Yamaha explica sucesso: “evolução ao invés de revolução”

Com títulos definidos, Lin Jarvis espera apenas a decisão entre Rossi e Lorenzo para comemorar ano perfeito

A MotoGP tem enchido os olhos dos fãs nesta temporada com os duelos memoráveis dentro da pista de Jorge Lorenzo e Valentino Rossi. Mas o que ficou em segundo plano foi a evolução da YZR-M1 da Yamaha. Ofuscada pela Honda em 2014, a moto melhorou bastante em 2015.

Para o diretor da Yamaha Motor Racing, Lin Jarvis, o trabalho em conjunto dos pilotos e uma política de evolução acertada ajudaram o time.

"Eu diria que Jorge e Vale tem trabalhando lado a lado. Isso é provavelmente uma descrição melhor do que trabalhar juntos", explicou Jarvis.

"Eles trabalham lado a lado, em conjunto com os engenheiros, e os engenheiros sempre ouvem estes dois pilotos incríveis de estilos de pilotagem diferentes. Assim avançamos passo a passo.”

"Este sucesso começou no meio da última temporada, depois que fomos destruídos por Marc Marquez nas primeiras dez corridas. Nossos engenheiros tiveram de melhorar muito a moto, e já fizeram isso no segundo semestre do ano passado.”

"Felizmente, nossa abordagem de evolução ao invés de revolução foi recompensada neste ano. A Honda claramente desenvolveu uma moto que é mais difícil de pilotar que a nossa. Não há dúvida. Temos isso como vantagem também.”

"Isso tudo é parte do jogo. Não é apenas um esporte de pilotos, é também um esporte onde a equipe não pode cometer erros e as fabricantes têm de desenvolver uma grande moto.”

"Ganhamos os títulos de construtores e equipes. O de pilotos está garantido. A única coisa que resta saber é se o campeão será o 46 ou o 99."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias