Em vantagem, Rossi não pensa em fazer contas por título

Líder do campenato diz que não se contentará em apenas terminar atrás de Lorenzo nas três etapas finais da temporada 2015 da MotoGP, apesar da vantagem de 18 pontos sobre rival

Valentino Rossi deu mais um passo rumo ao oitavo título na classe principal do Mundial de Motovelocidade com o resultado obtido no GP do Japão, quando superou Jorge Lorenzo e terminou a prova em segundo lugar, atrás apenas de Dani Pedrosa, que voltou a vencer na MotoGP após 14 meses.

Com uma vantagem de 18 pontos sobre Lorenzo, Rossi pode 'marcar' o rival e chegar imediatamente atrás do espanhol nas três etapas restantes do campeonato e, ainda assim, sagrar-se campeão.

Apesar da vantagem, Rossi diz que não pensou em fazer contas para a próxima etapa do campeonato, o GP da Austrália, em Phillip Island, afirmando que o objetivo é ampliar a liderança na tabela.

“Será complicado terminar todas as provas em segundo, pois as duas Hondas são muito fortes e nas próximas três corridas podemos enfrentar condições completamente diferentes em pistas diferentes", disse.

“É difícil pensar nas três corridas, você tem que focar em uma prova de cada vez. Nunca faço esse tipo de cálculo, pois em 99% dos casos as coisas não acontecem como o planejado. Então meu foco é apenas em Phillip Island, onde o meu objetivo é terminar à frente de Jorge e não atrás, fazendo contas", completou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Dani Pedrosa
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias