“Estive muito próximo de deixar a Yamaha”, diz Lorenzo

Bicampeão da MotoGP admite que esteve muito próximo de deixar Yamaha antes de renovar

Jorge Lorenzo, campeão da MotoGP em 2010 e 2012, revelou que esteve muito perto de deixar a Yamaha antes de renovar o contrato, no final do ano passado. O piloto espanhol teve o nome ligado à Ducati antes de estender o vínculo com a equipe japonesa até o fim da temporada de 2016.

“Quando renovei com a Yamaha, eu tinha outras opções. Estive muito próximo de mudar de equipe, esta é a verdade”, disse Lorenzo em entrevista à Sky Sport da Itália.

Lorenzo disse ainda que pensou no que seria capaz de fazer vestindo outras cores. No entanto, o vínculo estabelecido com a esquadra de Iwata – a única equipe que o bicampeão defendeu desde a chegada à MotoGP, em 2008 – falou mais alto.

“Sempre fica uma ponta de curiosidade sobre o que você pode fazer em outra moto, mas no momento o meu desejo de competir pela mesma equipe é maior do que isso. O meu sonho é encerrar a minha carreira na Yamaha”, finalizou.

O piloto espanhol – que venceu quatro das últimas cinco provas da temporada – é o vice-líder do campeonato, dez pontos atrás do companheiro de equipe, Valentino Rossi.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias