Jorge Lorenzo: "Batalha com Rossi foi uma das mais difíceis da minha carreira"

Jorge Lorenzo descreve sua luta contra a Yamaha de seu companheiro de equipe, Valentino Rossi, no último fim de semana como um das mais difíceis de sua vida profissional.

O espanhol garantiu a quarta vitória consecutiva em Barcelona, embora sendo menos dominante do que em Jerez, Le Mans e Mugello. Na Catalunha, Rossi conseguiu colocar Lorenzo sob forte pressão no terço final da corrida.

Tendo uma vantagem de dois segundos reduzidas em oito décimos na bandeira quadriculada, Lorenzo revelou na coletiva  que ele estava tendo que assumir riscos consideráveis para manter a liderança da prova.

"Foi uma das minhas corridas mais difíceis, especialmente nas últimas 10 voltas", disse Lorenzo, cuja vitória o coloca dentro de um único ponto de Rossi na classificação do campeonato de pilotos.

"Eu estava mantendo minha distância de Valentino, e foi tão difícil repetir o ritmo de [sábado] de manhã, com muitos mais problemas com a aderência e o pneu dianteiro especialmente.

"Eu estava mantendo os dois segundos de diferença, me arriscando muito, e estava no limite. Então, de repente em uma volta ele recuperou seis décimos e eu disse a mim mesmo: 'Jorge você tem que ser ainda mais rápido, mesmo com maior risco de cair '."

"Eu tinha que fazer isso, porque o Valentino estava ficando cada vez mais motivado pra chegar e ele iria me passar. Foi muito difícil, mais difícil do que nunca. "

Sorte por não ter sido atingido por Marquez

Lorenzo ressalta a sorte que teve por não ter sido atingido por Marc Marquez. Foi a segunda queda consecutiva que tirou o compatriota de Lorenzo de uma prova. Os dois batalhavam pela liderança no começo da corrida e Marquez acabou caindo na curva dez.

Ao relembrar o incidente, Lorenzo disse: "Eu vi [Marquez] muito rápido e utilizando toda a pista. Achei na hora que ele não havia caído, que tinha ido para a brita e que tivesse se recuperando, estando ainda no bloco dos líderes, mas depois vi que não estava e percebi que ele havia caído."

"Eu quase caí, se ele tivesse me tocado um pouco mais forte, eu poderia ter saído da prova. Felizmente, pra mim, não foi um toque forte, então eu pude continuar e ele estava fora."

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Catalunha
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Marc Marquez
Equipes Yamaha Factory Racing , Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias