Lorenzo fica do lado de Rossi após incidente com Márquez

Espanhol disse que corte de caminho do companheiro de equipe italiano foi justificável: “toque de Marc foi forte”.

Mesmo sem um protesto formal da Honda contra o resultado do GP da Holanda do último sábado, Marc Márquez disse que acredita que Valentino Rossi tenha cortado de propósito a última curva para vencer a prova. O piloto espanhol tentou uma ultrapassagem no italiano na última chicane. Marc, no entanto, tocou em Rossi e, com isso, Valentino saiu da pista, cortou a caixa de brita e venceu o GP.

O companheiro do italiano, Jorge Lorenzo, que chegou em terceiro, crê deixar a vitória com Rossi tenha sido o ideal.

"Depois da corrida eu não consegui dar minha opinião, porque não vi o incidente durante a prova", disse o espanhol.

"Agora, já vi algumas vezes. Para ser honesto, é verdade que você não pode cortar em linha reta pela brita a chicane normalmente, mas o toque de Marc foi forte."

"Valentino entrou na chicane na primeira posição, portanto, na minha opinião, ele merecia a vitória desta vez."

Lenda da MotoGP, Giacomo Agostini concordou com a avaliação de Lorenzo, dizendo que, embora em condições normais Rossi não devesse ter cortado a chicane, o contato com Márquez fez daquela uma situação excepcional.

"Eu acho que Valentino não poderia cortar a chicane normalmente, mas Márquez não poderia empurrá-lo para fora", disse o 15 vezes campeão no Festival de Goodwood.

"Então, se fosse que decidisse, pararia a corrida na última curva, veria quem estava na frente e o declararia o vencedor. Naquele momento Valentino estava liderando, então ele é o vencedor."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento Dutch TT
Pista Assen
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Marc Marquez
Tipo de artigo Últimas notícias