Novo asfalto de Misano poderá trazer recorde da pista na MotoGP

Segundo projetista Jarno Zaffelli, a máxima categoria das motos terão tempos abaixo de 1'32

O autódromo de Misano, na Itália, recebeu novo asfalto em março e, ao que parece, se tornou muito mais rápido para os pilotos de qualquer categoria. O Mundial de Superbike esteve por lá em junho e confirmou os prognósticos, com voltas até sete décimos mais rápidas.

Jarno Zaffelli, chefão da Dromo, que teve que lidar com o trabalho realizado na pista, afirmou que haverá um grande progresso também para a MotoGP, que fará sua etapa no circuito no próximo fim de semana:

"Misano está agora no seu melhor. Não somente a pista, mas todas as intervenções têm melhorado a segurança ativa e passiva."

"Graças ao trabalho realizado por nós, esperamos melhorias nos tempos de volta que podem variar 0,7% e 2,5%, dependendo das condições climáticas e da categoria. A MotoGP pode quebrar a barreira do 1'32", afirmou.

Volta abaixo de 1'32 significaria diminuição de um segundo para o recorde atual de Marc Marquez, de 1:32.915.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de San Marino
Pista Misano
Tipo de artigo Preview