Renovação de Danica só tem lados positivos

Após tantas empresas abandonarem a categoria, nova companhia a investir na NASCAR foi a melhor notícia do dia

Será que algum fã da NASCAR ou de Danica Patrick em algum momento acreditou que ela teria que se retirar da categoria por falta de patrocínio? Por maior que seja a crise econômica, e os Estados Unidos não estão nela há tempos, um bom investimento sempre será um bom investimento. Por mais que o carro #10 ainda demore a ter uma boa evolução, com vitórias e participação no Chase, seu retorno midiático é certo.

Mas então por que a GoDaddy - seu atual patrocinador - deixou de colocar dinheiro nela? Simples, o plano de marketing da companhia que faz serviços de internet é outro, de âmbito global, e lembrando que efetivamente a GoDaddy vai permanecer com Danica, só não vai apoiá-la na NASCAR.

Na verdade a grande notícia do dia não foi precisamente a garantia de que ela vai permanecer na categoria, o grande fato que a NASCAR pode comemorar é que uma empresa relevante chega ao esporte apostando seu dinheiro, sem que tenha saído de uma outra equipe. Seria algo frustrante no anúncio de hoje olharmos para uma marca que estampou outro carro há alguns meses ou anos. A vinda de um novo investimento vem literalmente para somar - com perdão do clichê.

Ok, esportivamente ela ainda deixa a desejar e um outro piloto poderia fazer mais bonito do que ela? Sim, este olhar está correto, mas Danica acaba tendo papel semelhante ao que grandes cantores populares - considerado bregas - dos anos 1970 tinham nas grandes gravadoras. Eles contavam com muito apelo público, vendiam muitos discos e acabavam "sustentando" os mais renomados nomes da MPB, que atingiam outro tipo de público. Querendo ou não, o sucesso de um bom negócio para Danica ajuda no melhor desenvolvimento dos carros da equipe de Tony Stewart, sendo que ela ocupa um mísero assento. Quanto do investimento da GoDaddy pode ter ajudado no título de Kevin Harvick ano passado?

Negar o apelo popular de Danica é outra bobagem. Durante o anúncio da parceria com a Nature's Bakery o site da empresa caiu. Dentro das redes sociais, por exemplo, ela consegue ter mais seguidores que o próprio Dale Jr. Por exemplo, o placar do Twitter hoje está em 1,3 mi a 1,1mi para a futura Sra. Stenhouse. Ela transcende as barreiras do esporte, ou seja, virou uma celebridade americana no puro sentido da palavra. Qualquer produto que ela recomende, acaba se tornando algo com credibilidade, já que dentro dos Estados Unidos ela não conta com tanta rejeição. Lá, você pode até torcer para um outro piloto, mas também não fará questão de vaiá-la quando seu nome for anunciado no sistema de som do autódromo.

Sabendo disso, quantas empresas gostariam de estar no lugar da Nature's Bakery hoje? Quantas outras ainda trabalham para tentar conseguir o rescaldo das provas em que ainda estão sem patrocínio?

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Monster Energy NASCAR Cup
Pilotos Danica Patrick
Tipo de artigo Análise