Carro de Pedro Piquet saiu do solo a 169,3 km/h em acidente

Em testemunho a grande segurança dos carros da Porsche Cup, filho do tricampeão Nelson Piquet tem apenas fratura na mão

Pedro Piquet sobreviveu a um grande acidente neste domingo (20) na etapa da Porsche Cup em Goiânia. O piloto recebeu alta do hospital apenas com pequenos ferimentos. Ele foi acertado por Ricardo Baptista na curva 2 do Autódromo Internacional Ayrton Senna e capotou nove vezes com seu carro.

Após o fim da corrida, os engenheiros da Porsche estudaram o computador de bordo do carro de Pedro para saber detalhes do acidente. Em comunicado oficial, a categoria revelou que o Porsche saiu do chão para a primeira capotagem a 169,3 km/h.

“Após contornar a curva 1 em quinta marcha a 207,2 km/h, o Porsche #6 teve um primeiro contato com outro carro a 200,9 km/h. Neste momento, Pedro deixou de acelerar e tocou o freio. Após o segundo contato com o outro veículo, a última velocidade registrada com as rodas no solo foi 169,3 km/h (sempre em quinta marcha).”

“O sistema registrou também as acelerações máximas com o Porsche no ar. A aceleração lateral máxima foi 8,4 G, a aceleração longitudinal máxima 6,5, e a aceleração vertical, 8,7 vezes a força da gravidade. A aceleração combinada máxima (momento em que o carro está girando) atingiu 12,7 G. Para efeito de comparação: um piloto de caça enfrenta forças de até 8 G, enquanto um astronauta tem treinamentos para fazer o corpo suportar até 9 G.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Porsche
Pilotos Pedro Piquet
Tipo de artigo Últimas notícias