Com 48 anos de carreira, Jorge Freitas “estreia” na Porsche GT3 Cup

Veterano, que construiu história no automobilismo do Rio de Janeiro, será 'coach' do piloto Fábio Alves, que corre na categoria Challenge

Tido entre os principais nomes do automobilismo do Rio de Janeiro, Jorge Freitas está de volta ao ambiente de competições. Dono de currículo vitorioso como piloto e como preparador, Freitas atuará nos boxes durante a sexta etapa do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, que terá suas corridas realizadas na tarde de sábado (19) e na manhã de domingo (20) no Autódromo Internacional de Goiânia.

Aos 65 anos, 48 dos quais dedicados ao automobilismo de competição, Freitas experimenta em Goiânia uma atribuição específica que não lhe chega a ser novidade absoluta: atuará como “coach” do piloto Fábio Alves na categoria Challenge. Coach é o piloto que presta consultoria técnica ao competidor durante uma etapa, auxiliando-o na evolução da pilotagem a partir da observação, da análise dos dados de telemetria e da comunicação via rádio.

“As coisas neste ano estão bem mais difíceis, o nível do campeonato subiu bastante e ter alguém com a bagagem do Jorginho é um reforço e tanto”, considera Alves, que foi campeão do Porsche GT3 Challenge no ano passado e em 2015 ocupa a vice-liderança com 129 pontos, 16 a menos que o líder paulista João Paulo Mauro. “Fábio e eu estivemos juntos nesse mundo de corridas há muitos, muitos anos. Melhor nem fazer essa conta”, gargalhou.

O início da trajetória de Jorge Freitas no automobilismo deu-se em maio de 1967, quando disputou sua primeira corrida no Rio de Janeiro, com um Fusca. Competiu como piloto por 28 anos, colecionando vitórias em vários campeonatos e um título brasileiro de Marcas & Pilotos. Em 1994, fundou a equipe de competições JF Racing, que conquistou um título brasileiro e Fórmula Ford, dois na Stock Car e outros dois na Stock Car Light.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Porsche
Tipo de artigo Últimas notícias