Boa estratégia garante mais uma vitória para Thiago Camilo

Líder da Stock Car aproveita bem o Safety Car em prova cheia de disputas pelas ruas de Salvador

Thiago e líder absoluto do campeonato

Aproveitando-se de uma ótima estratégia de boxes e sem economizar mesmo já estando garantido nos playoffs, Thiago Camilo levou a etapa de Salvador. O piloto foi seguido por Max Wilson e Átila Abreu.

Sem a chuva que marcou os treinos de sábado, Max Wilson tomou a ponta de Ricardo Sperafico logo na largada. Cacá Bueno em terceiro, Marcos Gomes pulou para quarto. Quem perdeu posições na largada foi Valdeno Brito, que largava em sexto e caiu para nono. Lutando por uma das vagas ainda em jogo no playoff, Luciano Burti subiu de nono para oitavo.

Ainda na primeira volta, Julio Campos foi para o muro, trazendo o carro de segurança para a pista.

Na relargada, na volta seis, Cacá Bueno, vencedor das duas provas disputadas em Salvador, superou Sperafico e pulou para segundo.

Logo na sétima volta, vários pilotos fizeram sua parada nos boxes, enquanto Cacá Bueno passava Max Wilson por fora para chegar à liderança. Max aproveitou para ir aos boxes.

O próximo a ir para o muro foi Marcos Gomes, que tinha acabado de ser punido com um drive through, trazendo o segundo Safety Car em nove voltas. Com as paradas, Cacá liderava com Ricardo Sperafico em segundo, seguido de Daniel Serra, Allam Kodair e Valdeno Brito. Entre os que pararam, Tuka Rocha era o mais bem classificado, em 10º.

Na nova relargada, Ricardo Sperafico foi para os boxes, seguido na volta seguinte por Ricardo Maurício e Allam Kodair. Assim, saíram da disputa pela vitória.

Segurando-se sem parar, Rodrigo Sperafico mantinha-se na ponta. Max Wilson, com o capô soltando, ia sendo pressionado pelos rivais. Na briga, Luciano Burti passou Alceu Feldmann por fora antes da chicane para assumir a sexta colocação.

Mas quem se deu bem foram Tuka Rocha, Thiago Camilo, Max Wilson, Átila Abreu e Burti, que passaram a ser os cinco primeiros após todas as paradas. Pela primeira vez, Tuka, estreante no ano, liderava uma prova da Stock.

Usando o push to pass, Thiago Camilo acabou com a festa do novato e assumiu a primeira colocação. Depois foi a vez de Max Wilson superar Tuka. Xandinho Negrão, que vinha em 13º, perdeu o controle do carro e bateu. Desta vez, a prova não foi interrompida, com bandeira amarela localizada.

Mais lento, Tuka Rocha também foi superado por Átila Abreu e perdeu um lugar no pódio. No meio do bolo, o pole Sperafico rodou e abandonou. Outro que chegou a liderar, Cacá Bueno escolheu a estratégia errada e foi apenas o 11º. Fazendo uma ultrapassagem nos último setor da pista, Allam Kodair conseguiu uma vaga nos playoffs, tirando Duda Pamplona da disputa.\

Com isso, garantiram-se no playoff decisivo: Thiago Camilo, da RCM, Max Wilson, da Eurofarma RC, Átila Abreu, da AMG, Cacá Bueno, da Red Bull, Ricardo Maurício, da Eurofarma RC, Popó Bueno, da A.Mattheis, Marcos Gomes, da Full Time Medley, Luciano Burti, da Boettger, e Allam Khodair, da Vogel.

Confira a classificação

 

Confira os dez classificados para o playoff e a nova pontuação:

1°. Thiago Camilo, 225 pontos
2°. Max Wilson, 220
3°. Átila Abreu, 216
4°. Cacá Bueno, 214
5°. Ricardo Maurício, 212
6°. Popó Bueno, 211
7°. Marcos Gomes, 210
8°. Luciano Burti, 209
9°. Daniel Serra, 208
10°. Allam Khodair, 207

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias