Cacá Bueno dispara: “ainda incomodarei muita gente”

Líder do campeonato reclama de punição “absurda” e desabafa: “ouvi muita besteira de gente que acha que entende de corrida”

Após a confirmação de sua suspensão pelo STJD, Cacá Bueno quebrou o silêncio e falou o que pensa sobre a sanção imposta pela CBA por ter chamado a entidade de "bando de imbecis" após a corrida 1 de Ribeirão Preto, segunda etapa da temporada 2015 da Stock Car.

Cacá não irá participar da próxima etapa, a rodada dupla em Curitiba, e ainda terá de pagar multa de R$ 50 mil.

“Hoje me sinto destruído e agredido”, disse em sua página no Facebook.

“Continuo achando um absurdo usarem uma conversa privada com a minha equipe - sem que fosse na íntegra - como uma entrevista ou declaração. E ainda mais: a CBA usou isso para pedir seis corridas de suspensão e R$ 100 mil de multa para mim.”

“São pessoas de gravata que nunca sentaram em um carro de corrida, e parecem não conhecer os riscos. Eles acharam justo que eu pagasse R$ 50 mil e ficasse de fora de duas corridas de um fim de semana."

“Nunca tive a intenção de ofender ninguém, e nem o fiz. Apenas desabafei de forma privada. Ouvi muita besteira de gente que acha que entende de corrida. Está nas regras que a única forma de a direção de prova se comunicar com os pilotos é através de bandeiras. Os responsáveis por não encerrar uma competição no momento certo deveriam ser multados e suspensos. Mas eles preferiram suspender o atleta por ter ficado indignado pelo risco que lhe foi imposto.”

“Nunca ficarei calado e nem deixarei de ficar indignado pela falta de segurança no nosso esporte. Voltarei ainda mais forte e ainda incomodarei muita gente.”

Cacá será substituído pelo belga Laurens Vanthoor. O carioca atualmente lidera o campeonato por seis pontos à frente de Marcos Gomes.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Pilotos Caca Bueno
Tipo de artigo Últimas notícias