Campo Grande substitui Brasília no calendário da Stock Car

Com reformas inacabadas no Autódromo Nelson Piquet, campeonato volta à Campo Grande pela primeira vez desde 2011

Finalmente o calendário de 2015 da Stock Car está 100% definido. A Vicar, empresa que promove a categoria, confirmou nesta quarta-feira que Campo Grande entrará no lugar de Brasília como a nona etapa do ano, no dia 13 de setembro. A pista do Distrito Federal não se encontra em condições de receber corridas, já que a reforma iniciada para sediar uma etapa da Indy neste ano não foi ainda concluída.

Diretor geral da Vicar, Maurício Slaviero disse que a decisão de tirar Brasília do calendário foi acertada, já que a reforma no Autódromo Nelson Piquet não apresentou grandes evoluções desde o início de 2015. "As obras em Brasília não têm previsão de término e por isso o autódromo não estará pronto a tempo de realizarmos a rodada dupla do dia 13 de setembro", declarou.

No entanto, Campo Grande também não está totalmente pronta para receber a categoria. Ainda restam algumas reformas de infraestrutura no Autódromo Orlando Moura. Elas incluem reparos, recapeamento do asfalto em alguns trechos, principalmente nas curvas, e novos guard-rails, além de outras pequenas modificações. Para realizar estas obras, a Vicar firmou parceria com a prefeitura da cidade.

O prefeito, Gilmar Olarte, comentou: "É uma satisfação incomensurável poder receber novamente uma prova da Stock Car. A categoria vai movimentar todo o trade de turismo e gastronômico da nossa cidade e nós já estamos ansiosos para a chegada da Stock Car".

"O autódromo passou por uma reforma de 70 a 80%. Está tudo reformado e agora estaremos concluindo, nos próximo dias, os últimos reparos na pista, que foram solicitados pela Vicar. Aquilo que foi acordado será recuperado em tempo, dando total condições para que os competidores possam fazer uma grande prova e possam levar alegria para a população de Campo Grande", acrescentou o prefeito.

Slaviero garante que as obras serão finalizadas. “A prefeitura de Campo Grande se comprometeu a finalizar as reformas solicitadas por nós, pela CBA e pela federação de automobilismo local e por isso estamos retornando para lá".

Além da corrida da Stock Car, o evento também contará com a Copa Petrobras de Marcas, o Mercedes-Benz Challenge e a Fórmula 3 Brasil.

Problemas no asfalto

Em entrevista ao Motorsport.com em Santa Cruz do Sul, Thiago Camilo utilizou a pista de Campo Grande como exemplo de asfalto ruim. Na ocasião, o piloto reclamava de pedras na superfície na pista gaúcha.

“Estamos com problemas no asfalto mesmo. Não é sujeira. Por algum motivo o asfalto se desgastou e está como se fosse uma lixa. Já tivemos esse problema em Brasília uma vez. Em Campo Grande a mesma coisa. Foi por isso que paramos de correr lá.”

História

Nove corridas foram realizadas em Campo Grande entre 2002 e 2011. A prova de 2003 foi marcada por um acidente na largada envolvendo Gualter Salles. O carioca saiu da pista e atropelou o fotógrafo Raphael Lima Pereira de 19 anos, fora da área de segurança. Pereira acabou falecendo.

Confira todos os vencedores da corrida:

2002 - Beto Giorgi
2003 - David Muffato
2004 - Cacá Bueno
2006 - Cacá Bueno
2007 - Tarso Marques
2008 - Ricardo Maurício
2009 - Thiago Camilo
2010 - Nonô Figueiredo
2011 - Luciano Burti

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias