Daniel Serra vence segunda consecutiva e aumenta vantagem na tabela

Piloto da Red Bull ganhou praticamente de ponta a ponta em Tarumã e abriu 9 pontos para Cacá Bueno e Ricardo Maurício

Daniel Serra em Tarumã

Largando na pole, Daniel Serra venceu praticamente de ponta a ponta o GP de Tarumã, disputado neste domingo e conquistou sua segunda vitória consecutiva no ano, aumentando sua vantagem no topo da tabela. O piloto da Red Bull perdeu a liderança da prova apenas momentaneamente, quando fez sua parada para troca de pneus. Thiago Camilo chegou na segunda posição e Ricardo Maurício fechou o pódio.

“Tenho de dar parabéns para a equipe. Consegui abrir uma diferença no começo, exatamente como planejamos. No final deu uma aflição com a entrada do safety car, pois perdi a diferença que eu tinha conseguindo, mas deu tudo certo”, disse o piloto, que foi a 65 pontos no campeonato.

Na segunda posição na tabela estão empatados com 56 pontos Cacá Bueno e Ricardo Maurício. O atual campeão da Stock Car, companheiro de Daniel Serra, chegou na quinta posição. Rubens Barrichello foi o vigésimo e somou um ponto. A próxima etapa será em Salvador, dia 19 de maio.

Na largada, Daniel Serra manteve a ponta, seguido por Cacá Bueno e Átila Abreu e Thiago Camilo, que ganhou duas posições. No meio do pelotão, Galid Osman, com a suspensão quebrada, saiu da pista e acabou batendo em um barranco ao lado da pista. Na quinta volta, Valdeno Brito ultrapassou Ricardo Maurício para assumir a quinta colocação, enquanto as duas Red Bull abriam quatro segundos de vantagem na ponta.

Em terceiro, Átila Abreu era bastante pressionado por Thiago Camilo. Valdeno Brito se aproveitou da briga e assumiu a quarta colocação na décima volta. Mais atrás, Rubens Barrichello, que largara em 30º, passava em 25º lugar. 

Valdeno Brito seguia escalando o pelotão e ganhou a terceira posição de Átila Abreu na 12º volta. A esta altura o piloto da Shell estava 11 segundos atrás do líder. Já Abreu perdia desempenho e caia rapidamente para a 12º posição.Na 15ª passagem, faltando 23 minutos para o fim da corrida, Thiago Camilo usou o botão de ultrapassagem para recuperar a posição perdida para Valdeno Brito e assumiu a terceira colocação, oito segundos atrás de Cacá Bueno. Ricardo Maurício também aproveitou a queda de desempenho de Valdeno e pulou para a quarta posição.

Na volta 19, o líder Daniel Serra fez sua troca de pneus, acompanhado por Valdeno Brito e Átila Abreu. Serrinha voltou na 11º atrás de Barrichello, que ainda não havia feito sua parada. Cacá Bueno parou na 21ª volta e deixou a liderança provisória para Ricardo Sperafico. Após todos os pilotos fazerem a parada no box, Daniel Serra continuava na ponta, mas Thiago Camilo e Ricardo Zonta apareciam logo atrás. Cacá Bueno voltou na quinta posição, atrás de Ricardo Maurício.

Faltando seis minutos para o fim da prova, Denis Navarro perdeu o controle do carro e bateu forte na barreira de pneus, fazendo entrar o safety car. A organização trabalhou rapidamente para tirar os destroços do acidente de Navarro da pista e houve tempo para uma relargada para a volta final da prova. Antes da relargada, Daniel Serra, Thiago Camilo, Ricardo Maurício, Zonta e Cacá Bueno eram os cinco primeiros e as posições forma mantidas na volta final, apesar de Cacá Bueno ter cruzado a linha de chegado ao lado de Julio Campos.

Confira a classificação da prova em Tarumã:

1. Daniel Serra – 36 voltas em 42min18s842
2. Thiago Camilo – a 1.422
3. Ricardo Maurício – a 3.302
4. Ricardo Zonta – a 4.492
5. Cacá Bueno – a 4.713
6. Julio Campos – a 4.719
7. Valdeno Brito – a 5.260
8. Allam Khodair – a 7.746
9. Duda Pamplona – a 7.929
10. Sergio Jimenez – a 8.056
11. Ricardo Sperafico – a 8.107
12. Luciano Burti – a 9.656
13. Max Wilson – a 9.961
14. Rodrigo Sperafico – a 10.161
15. Fábio Fogaça – a 11.034
16. Rafa Matos – a 11.483
17. Nonô Figueiredo – a 12.129
18. Átila Abreu – a 12.341
19. Vitor Genz – a 14.082
20. Rubens Barrichello – a 14.389
21. Alceu Feldmann – a 14.812
22. Popó Bueno – a 17.472
23. Wellington Justino – a 18.038
24. David Muffato – a 18.502
25. Rodrigo Pimenta – a 18.665
26. Beto Cavaleiro – a 1 volta

Classificação do campeonato:

1) Daniel Serra, 65 pontos
2) Cacá Bueno, 56
3) Ricardo Mauício, 56
4) Valdeno Brito, 51
5) Thiago Camilo, 40

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias