Khodair vence problemas e pressão em Salvador; Rubinho segue líder

Pole position levou a primeira prova da rodada dupla em Salvador mesmo sofrendo com câmbio e Felipe Fraga

Mesmo com problemas no câmbio e com a pressão de Felipe Fraga, Alan Khodair venceu a primeira prova da rodada dupla de Salvador da Stock Car. Com o quarto lugar, Rubens Barrichello manteve a liderança, com Thiago Camilo em segundo e Átila Abreu, terceiro na prova e no campeonato.

“É o problema que nos atrapalhou em toda a primeira parte do ano, no câmbio”, revelou o vencedor em entrevista ao SporTV. “Quando você tenta frear, a marcha empurra o carro para frente. Eu tinha que frear uns 30m antes sempre. Quase bati umas 4 vezes. Foi uma das corridas mais difíceis da minha vida.”

[publicidade] Na largada, Khodair manteve a primeira localização, seguido por Átila, Barrichello, Fraga e Burti, enquanto alguns pilotos se envolveram em uma confusão no fundo do pelotão. Pior para Cacá Bueno, que foi tocado e chegou a parar nos boxes para fazer reparos em seu carro durante o primeiro período de Safety Car, causado pela rodada de Fogaça, mas acabou parando novamente logo na primeira volta após a relargada, trazendo novamente o carro de segurança à pista.

Com 24 minutos para o final, Valdeno Brito passou a ganhar espaço, vindo da 10ª posição: primeiro passou Rafa Mator e, logo em seguida, Marcos Gomes, que vinha lento. As manobras ‘animaram’ Felipe Fraga, que ultrapassou Barrichello na luta pelo terceiro posto. A revelação da temporada logo foi para cima de Átila e ultrapassou o piloto do carro 51.

Fraga passou, então, a perseguir Khodair, que havia aberto na frente. Enquanto isso, Barrichello começou a ser pressionado por Burti, quinto colocado. Os dois chegaram a se tocar e o ex-Ferrari reclamou de um furo do pneu, mas continuou na pista com um bom ritmo.

Com 7 minutos para o final, a prova tinha brigas pela primeira posição, entre Fraga e Khodair, e pela terceira, entre Átila e Barrichello. Porém, com problemas de freio, Valdeno Brito acabou parando no meio da pista depois de bater e provocou a terceira intervenção ao Safety Car.

A relargada foi dada apenas com duas voltas para o final. Quem aproveitou foi o vice-líder do campeonato, Thiago Camilo, que sofreu um grave acidente nos treinos livres, o que havia comprometido seu final de semana. O líder Rubens Barrichello chegou a roubar o terceiro lugar de Átila, mas levou o troco na volta final.

No final, Khodair confirmou sua vitória, com Fraga em segundo e Átila em terceiro. O top 10 foi completado por Barrichello, Burti, Pizzonia, Zonta, Camilo, Jimenez e Matos.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias