Meira é desclassificado e reclama de direção de prova no PR

"A minha vontade é pegar o capacete e ir embora, pois tenho vergonha de alinhar amanhã no grid", diz o brasiliense

Vitor Meira

 

Ex-piloto da Fórmula Indy, Vitor Meira foi desclassificado da tomada de tempos deste sábado da Copa Caixa Stock Car em Cascavel e fez duras críticas à Direção de Prova.
 
O piloto da Officer ProGP foi o quarto no Q1 e estava na briga pela pole position. No entanto, Meira foi excluído da tomada, acusado de ter atrapalhado a volta do piloto David Muffato. A punição foi classificada como "ridícula e irresponsável" por Meira.
 
"Primeiro de tudo, um piloto subir a torre no meio do treino oficial e ser atendido pelos comissários é algo, no mínimo, irresponsável. Depois, a punição é ridícula, irresponsável e sem critério algum dos comissários da CBA. Não se pode colocar um trabalho que envolve profissionais, patrocínios e muitos outros aspectos, na mão de uma decisão injustificável", conta. 
 
"É uma frustração gigantesca que uma categoria como a Stock Car ainda sofra com atitude grotesca como essa. Não aceito a punição, pois quem deveria ser desclassificado eram os próprios comissários. A minha vontade é pegar o capacete e ir embora, pois tenho vergonha de alinhar amanhã no grid", completa.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias