Mesmo sem acerto ideal, Ricardinho Maurício teve bom rendimento

Carro do piloto da Eurofarma estava com a parte traseira muito "presa", o atrapalhando em curvas de alta

Ricardinho segurando fila

Terceiro colocado na prova deste domingo da Stock, Ricardo Maurício foi um dos pilotos que movimentaram a corrida. Trocando de posições constantemente, o piloto da Eurofarma RC fechou o pódio da etapa de Interlagos.

Ricardinho comentou após a prova que uma modificação no carro quase pôs o fim de semana a perder.

“Preferimos arriscar mais alguma coisa na traseira do carro para segurar mais, mas acabou prejudicando nas curvas de alta”, comentou o paulista.

“No início da prova tentei passar o Átila, ficava cozinhando para ver se ele iria utilizar o push, tentando adivinhar. E deste modo perdi dois assim, pois eu apertei junto com ele”, contou Ricardo.

Uma reclamação geral dos pilotos neste fim de semana foi a durabilidade dos pneus. Mas mesmo o carro número 90 de Ricardinho não bem acertado, a degradação foi muito aceitável.

“Depois que consegui a ultrapassagem no Átila, e mesmo meu carro sendo dianteiro, consegui salvar bastante os pneus. Minha tração era muito boa”, revelou o piloto da Eurofarma, que emendou: “Vamos tentar beliscar um pódio em toca corrida.”

Sobre as novas regras, Ricardinho teceu alguns comentários, como os carros que ficarem entre os dez primeiros na classificação terem que ficar em parque fechado.

“A regra nova do parque fechado vai fazer nós termos um carro mais conservador, enquanto as equipe menores poderão ser mais agressivas. Vai dar com certeza um pouco mais de emoção”, explicou.

A próxima etapa da Stock Car Brasil é no dia 15 de abril em Curitiba.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias