Pista de Campo Grande terá vistoria antes de receber Stock Car

Autódromo Orlando Moura, que não recebe a categoria desde 2011, ainda não tem confirmação oficial de que será utilizado

A nona etapa do campeonato da Stock Car ainda não tem sua realização 100% confirmada pela Vicar. O Autódromo Orlando Moura, na capital do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, será ainda vistoriado pelos técnicos da categoria no dia 1º de setembro - terça-feira logo após a etapa de Cascavel. A partir desta vistoria se tomará uma posição final sobre a realização da corrida.

O circuito de 3.513 não recebe a categoria desde o ano de 2011 – corrida que teve a vitória de Luciano Burti. As melhorias da pista incluem oito aspectos. Alguns deles são: aplicação de manta asfáltica nas curvas, instalação de guard rails nas retas, melhoria no asfalto das áreas de escape e reforma de zebras, entre outros detalhes, como pintura nas áreas de pista.

"Essas são obras muito importantes para aumentar a segurança para os pilotos e deverão estar finalizadas até a data limite, dia 1º de setembro”, comentou Jean Brambila, gerente da Vicar, empresa organizadora do evento.

“As instalações do autódromo também passaram por melhorias e acreditamos que o autódromo apresentará as condições necessárias para a disputa da Stock Car e das demais categorias que acompanharão no final de semana."

O circuito também receberá a Fórmula 3 Brasil, o Brasileiro de Marcas e o Mercedes-Benz Challenge.

A nona etapa estava marcada anteriormente para Brasília. No entanto, com as obras de recapeamento inacabadas, a corrida foi alterada para Campo Grande.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias