Playoff: como funciona e o que eles dizem

A partir da próxima corrida, em Santa Cruz do Sul, os dez primeiros colocados terão uma pontuação diferenciada e direito a um descarte

Largada em Salvador (Foto: Duda Bairros)

Um dia após a definição da fase de classificação da Copa Caixa Stock Car, os pilotos que passaram para o playoff analisam a nova fase do campeonato.

A partir da próxima corrida, em Santa Cruz do Sul, os dez primeiros colocados terão uma pontuação diferenciada: cada um ganhou 200 pontos mais a pontuação correspondente à posição na tabela, como se fosse em uma corrida. 
 
Para melhor entendimento: Thiago Camilo, que fechou a primeira fase em primeiro, ganhou 200 pontos mais os tentos correspondentes ao vencedor de uma corrida, 25. Ou seja, começa o campeonato com 225.
 
Nas próximas quatro corridas (Santa Cruz, Londrina, Brasília e Velopark, todas realizadas com duas semanas de intervalo entre cada uma), os dez competidores classificados (Camilo, Max Wilson, Átila Abreu, Cacá Bueno, Ricardo Maurício, Popó Bueno, Marcos Gomes, Luciano Burti, Daniel Serra e Allam Khodair) terão direito ao descarte do pior resultado.
 
Veja o que os candidatos ao título falam da fase final:
 
Thiago Camilo
"Agora começa outro campeonato. Os 40 pontos que eu abri de vantagem para o segundo colocado se transformam em cinco, e temos que batalhar corrida por corrida atrás do nosso objetivo, que é o título.”
 
Max Wilson
"O objetivo foi cumprido, eu sabia que não daria para passar o Thiago Camilo em pontos, mas era importante manter o segundo lugar para entrar na Super Final com apenas 5 pontos do lider."
 
Átila Abreu
"O campeonato está extremamente competitivo e com dez pilotos muito competentes disputando o título. No ano passado o Max (Wilson) entrou em quinto nos playoffs e acabou conquistando o campeonato."
 
Cacá Bueno
"Ao menos o carro está com um rendimento excelente e isso dá confiança para o playoff."   
 
Ricardo Maurício
"Acho que agora é repensar a estratégia porque é como se voltássemos à primeira etapa e muita coisa pode mudar nas quatro provas que temos pela frente."
 
Popó Bueno
"São quatro etapas, três válidas para pontos e um descarte obrigatório. No ano passado, o Cacá (Bueno) entrou em sexto, na mesma posição do que eu, e perdeu o título por apenas um ponto. É preciso focar agora e começa tudo de novo. Vamos para cima."
 
Marcos Gomes
"Agora é a hora da verdade. Ainda há tempo para nos recuperarmos dos maus resultados. O mais difícil já temos, que é a velocidade tanto nos treinos classificatórios quanto nas provas. Quero agora converter as boas posições no grid em resultados sólidos."
 
Luciano Burti
"Precisamos de força total para a fase decisiva. Neste ano, percebemos que ser conservador nem sempre é a melhor ideia. Então, temos que ir para cima, etapa por etapa, para ver o que dá no final."
 
Daniel Serra
"Venho de uma boa corrida em São Paulo (segundo lugar na prova do Milhão) e andei rápido no sábado aqui em Salvador, isso motiva bastante para a disputa da Super Final. Não vou fazer conta; tenho é que manter o desempenho da pista."
 
Allam Khodair
"Agora que alcançamos a vaga, vamos com tudo para buscar o título. Ano passado eu entrei em uma situação parecida e fui buscar. Este ano estou em uma condição até melhor, com um carro ainda melhor. Estou bastante confiante.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias