Crédito com Garantia de Automóvel é solução com juros mais baixos para quitar dívidas

compartilhar
comentários
Crédito com Garantia de Automóvel é solução com juros mais baixos para quitar dívidas
20 de out de 2018 10:22

Você não precisa vender seu carro para conseguir quitar

Quem gosta de carro sabe que a pior situação é precisar vender seu bem para fazer algum dinheiro ou quitar uma dívida. A boa notícia é que seu veículo pode te ajudar mais do que imagina. E o melhor: sem se desfazer dele. 

A Creditas, uma empresa sólida sediada em São Paulo e que conta com mais de 450 funcionários, traz ao mercado uma modalidade de crédito no qual você será capaz de trocar dívidas caras, como as exponenciais taxas do cartão de crédito ou do cheque especial, por uma linha muito mais acessível.

 

Photo by:

Quem tem um veículo ano/modelo a partir de 2008, pode aproveitar as taxas bem mais baixas e personalizadas do Crédito com garantia. Com o dinheiro em mãos, você pode continuar utilizando o carro normalmente. 

Para se ter uma ideia, a taxa ao ano para crédito que utilizam automóvel como garantia pode ser até 7 vezes menor do que o rotativo do cartão de crédito e o cheque especial, e 4 vezes menor do que o empréstimo pessoal.

Seja para quitar uma dívida ou mesmo para alavancar seu negócio, a Creditas oferece crédito a partir de R$ 5 mil e prazo para pagamento de até 48 meses.

 

Photo by:

Os interessados recebem atendimento pessoal, nada de máquinas, com consultores capacitados e com ampla flexibilidade. Outra vantagem é a agilidade. Praticamente todo o processo pode ser feito sem sair casa, pela internet ou telefone. Após o envio da documentação, basta realizar uma vistoria do veículo para que o dinheiro seja liberado rapidamente.

Na Creditas, por exemplo, você pode conseguir até 90% do valor do carro no seu empréstimo. Além disso, encontra taxas a partir de 1,79% ao mês e tem de 1 a 4 anos para quitar a operação.

Se precisar de uma quantia maior, a Creditas também possui o empréstimo com garantia de imóvel, com taxas ainda mais baixas e prazos mais longos pra pagar.

Ficou interessado? Clique aqui para fazer uma simulação.

 
Next article
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Publieditorial
Tipo de matéria Últimas notícias