Novo Volkswagen Jetta 2019 é revelado, mais luxuoso e tecnológico

compartilhar
comentários
Novo Volkswagen Jetta 2019 é revelado, mais luxuoso e tecnológico
15 de jan de 2018 15:39

Chega ao Brasil no 2º semestre

Desde 1979, a Volkswagen vendeu mais de 16 milhões de unidades do Jetta em todo o mundo, sendo que 3,2 milhões foram comercializados somente nos EUA. Por isso faz todo sentido mostrar o sedã no Salão de Detroit, como a fabricante fez. Se encaixa no plano da marca de deixar seus carros mais tecnológicos, ganhando muitos sistemas que estrearam no Golf reestilizado.

Usando a plataforma modular MQB, a mesma estrutura do Golf, Audi A3 e outros, o novo Jetta foi totalmente reconstruído. Fomos um dos primeiros a acelerar o novo sedã em uma prévia e nossas primeiras impressões foram, desculpe o trocadilho, impressionantes.

A nova estrutura deixa o Jetta com 2,68 metros de entre-eixos, contra os 2,65 m do modelo atual. As extremidades estão mais curtas, sua carroceria é mais alta e mais larga, e as proporções externas maiores fazem com que o interior fique mais espaçoso. Ainda não divulgaram os dados de volume do Jetta.

Este exterior alongado fica mais evidente com o estilo inspirado no Arteon, que deixa o Jetta com uma aparência mais moderna e, aparentemente, mais luxuosa. A grade larga cimbina com as linhas mais acentuadas da carroceria e o caimento do teto. Os faróis de LED são de série. E este novo visual não está limitado ao lado de fora.

A cabine do Jetta foi totalmente desenhada e ganha mais do que um pouco mais de conforto. Materiais de alta qualidade e macios ao toque estão em todos os lugares e ficam acentuados com os novos elementos de design em forma de trapézio. Tem várias opções de desenho e cores para os bancos de tecido o que, combinado com 10 cores de iluminação ambiente, faz com que a cabine seja totalmente personalizável.

També ganhou muitos equipamentos. As versões SEL e SEL Premium disponíveis nos EUA vem com o painel de instrumentos Digital Cockpit. A nova interface pode ser reconfigurada de acordo com as preferências do condutor, mostrando coisas como o sistema de navegação por GPS ou os ajustes do veículo.

Pague um pouco mais e a Volkswagen irá adicionar um pacote completo de sistemas de segurança. O Jetta ganha equipamentos premium como aviso de colisão frontal, frenagem automática de emergência, monitoramento de ponto cego com alerta de tráfego traseiro, controle de cruzeiro adaptativo e aviso de saída de faixa. Apple CarPlay, Android Auto e MirrorLink vem de série e trabalham diretamente com a central multimídia Car-Net.

Sob o capô do novo Jetta está o mesmo 1.4 turbo com injeção direta do modelo atual. Porém, ele fica um pouco menos potente, gera 147 cv, ao invés dos 150 cv. O torque continua o mesmo, gerando 25,5 kgfm. Para os EUA, a fabricante já promete uma versão mais potente chamada GLI.

A potência será transmitida para as rodas dianteiras pela nova transmissão manual de 6 marchas, mas os clientes poderão escolher pela nova automática de 8 posições e com tecnologia start-stop. Nas versões mais caras, o câmbio automático é de série.

O novo Volkswagen Jetta 2019 estará disponível nos EUA em quatro versões: S, SE, SEL e SEL Premium. Uma variante R-Line com detalhes esportivos será lançada no futuro, ganhando também diferencial eletrônico XDS. No Brasil, a estreia é esperada para o 2º semestre deste ano.

Próxima Automotivo matéria
Chevrolet Cruise AV é autônomo sem volante que chega em 2019

Previous article

Chevrolet Cruise AV é autônomo sem volante que chega em 2019

Next article

Chevrolet lançará o super invocado Camaro ZL1 no Brasil

Chevrolet lançará o super invocado Camaro ZL1 no Brasil
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Automotivo
Evento Motor1
Tipo de matéria Últimas notícias