Renault Clio R.S. 18 é hot hatch de 220 cv inspirado na F1

Está tudo no visual, já que não teve mudanças na mecânica em comparação com o Clio R.S. normal

A Renault celebrou seus 40 anos na Fórmula 1 em 2017 e decidiu trazer um pouco da mágica da categoria para o Clio. Esta edição especial ganhou até a mesma nomenclatura que a marca usa na competição, com a versão limitada recebendo o nome de Clio R.S. 18, uma referência ao futuro carro da Renault Sport, o R.S. 18 F1.

Parece promissor, só que trata-se apenas de um pacote de design para o Clio R.S. convencional. A versão especial usa como base a configuração 220 EDC Trophy e vem com o sistema de exaustão Akrapovic de série (é opcional no hatch normal), para aumentar ao máximo o som da trilha-sonora fornecida pelo motor 1.6 turbo. Gera 220 cv e 28,5 kgfm, mesma potência e torque do Clio R.S. 220 EDC Trophy.

Leia também:

O que realmente o deixa diferente do Clio R.S. padrão são os emblemas "R.S. 18" nas portas dianteiras, junto com a desenho de diamante duplo no teto. A Renault colocou alguns decalques cinzas e uma pintura preta exclusiva no para-choque. O detalhe em amarelo no para-choque ajuda a criar um contraste com a carroceria, além de manter a combinação de cores normalmente usada pela marca nos carros da F1.

Do lado de dentro, o novo Clio R.S. 18 tem uma numeração na porta para dar destaque à exclusividade do modelo e ganhou um acabamento que imita fibra de carbono em volta das saídas de ar. Também recebe tapetes de carpete da Renault Sport e uma combinação de couro e Alcantara no volante esportivo.

A edição especial deve ser o último modelo do Clio atual, já que a próxima geração do hatch está em desenvolvimento e deve ser apresentada em outubro, durante o Salão de Paris (França). Enquanto o Clio R.S. 18 tem o seu apelo, não podemos deixar de pensar que poderia ser melhor. Alguns anos atrás, a Renault mostrou o conceito Clio R.S. 16 com uma carroceria mais larga e equipado com o delicioso motor 2.0 de 275 cv do Megane R.S, transmissão manual de 6 marchas e diferencial traseiro. Infelizmente, nunca foi produzido.

Fonte: Renault

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Automotivo
Tipo de artigo Últimas notícias