BMW vence 24 Horas de Spa; brasileiros terminam em 12°

Alex Sims, Philipp Eng, e Maxime Martin superam adversários e chuva forte na maior prova da categoria. Trio Jimenez/Baptista/Albuquerque avançaram 32 posições

A BMW foi a melhor pelo segundo ano consecutivo na maior prova de GT do mundo, as 24 Horas de Spa, válida pela Blancpain Series. Alex Sims, Philipp Eng, e Maxime Martin superaram o trio da Bentley com Andy Soucek, Maxime Soulet e Wolfgang Riep nas horas finais e com chuva torrencial caindo nos momentos decisivos.

O Bentley acabou se perdendo também após ter que voltar aos pits com um pneu furado, deixando o caminho livre para o Mercedes #88 de Felix Rosenqvist, Tristan Vautier e Renger van der Zande conseguir o segundo posto.

A etapa teve Sergio Jimenez, Rodrigo Baptista e o português Filipe Albuquerque escalando o pelotão desde o início, já que o Audi #3 largou em 44° e finalizou em 12°. E se os pit stops foram decisivos para a decisão do vencedor, o procedimento também foi protagonista para o trio.

A menos de meia hora para o final, na última parada, o competidor português levou o carro para os pits em oitavo lugar, aproveitando a bandeira amarela determinada pela chuva forte que surpreendeu os 65 carros na reta final da corrida. Mas, um vazamento de óleo atrasou o serviço de box, e o Audi acabou perdendo uma volta na operação.

Mesmo fora do Top10, a tripulação saiu com a sensação de dever cumprido depois de competir pela primeira vez em conjunto em uma prova tão longa – no caso de Rodrigo Baptista, 19 anos, foi a estreia em corridas de 24 horas.

“O fim de semana foi difícil no começo, sem o melhor equilíbrio nos treinos. Depois tivemos um quali complicado, em que perdemos as voltas por punição de limites de pista. Aí acabamos em 45° no grid de 65, mas tínhamos confiança que o ritmo de prova seria bom, o que se confirmou na prova”, lembrou Sergio Jimenez.

“Tivemos um único problema, na última parada, que acabou nos custando um sétimo lugar. Vazou óleo na hora de repor, o que foi um azar. Mas, por sorte, não pegou fogo... Coisas de corrida”, observou Jimenez.

Ele destacou a performance do trio, especialmente o desempenho de Baptista em sua primeira corrida de 24 horas.

“O Rodrigo fez um total de 6 horas de tocada, pegou chuva e sol no mesmo stint, garoa de slick, guiou anoitecendo e amanhecendo, pilotou bem à noite e não fez nenhuma bobagem."

"Ficou firme na pista com 65 carros e metendo farol nos outros a noite toda. Foi muito bem para a estreia. Ano que vem certeza que estaremos melhor para sustentar o ritmo e se livrar mais rápido do tráfego. Mas isso é questão de experiência também”, completou Jimenez.

A próxima etapa do Blancpain GT Series será a etapa Sprint em Hungaroring, nos dias 27 e 28 de agosto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Blancpain Endurance
Evento 24 Horas de Spa
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Maxime Martin , Philipp Eng , Alexander Sims
Tipo de artigo Relato da corrida